Nova Venécia busca apoio do Governo do Estado para melhorar políticas públicas socioassistenciais

A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, buscou apoio do Governo do Estado para desenvolver ações de política públicas socioassistenciais às famílias carentes.

Nesta terça-feira (18), a secretária de Assistência Social, Herileny Pratte, e a diretora da Política Socioassistencial de Nova Venécia, Joice Fávero, estiveram em Vitória, na Secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (SETADES), para uma pauta com a secretária de Estado, Cintya Grillo, com o objetivo de discutir alternativas e mecanismos de planejamentos e ação conjunta por parte da política da Assistência Social veneciana e do Estado.

Também estiveram presentes na reunião o gerente de Emprego e Qualificação Profissional, Fabrício Chiqueto, e o coordenador estadual do SINE, Ricardo Azevedo Masruha .

Durante o encontro, Herileny Pratte explanou acerca das demandas e dificuldades surgidas com os efeitos da quarentena. Entre as pautas, também constaram discussões sobre:

•  A adesão do município no Programa Federal Compra Direta de Alimentos (CDA), que visa garantir o direito básico à alimentação. O Projeto consiste na aquisição de gêneros alimentícios de forma direta da agricultura familiar e doação simultânea dos produtos adquiridos à rede socioassistencial, englobando os equipamentos públicos de alimentação e nutrição;

• Interesse do município na adesão do Programa Criança Feliz, que tem como objetivo promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto social.

• Discussão referente aos recursos Fundo a Fundo, do ano de 2021.

• Bolsa Capixaba – 348 famílias beneficiadas.

• Entre outros pontos de relevância para a política socioassistencial do município, no que condiz a atenção Básica (CRAS), e a atenção Especial (CREAS).

“Conversamos, também, com a agente de Proteção Social Especial (GPSE), Clarice Romeiro Campos, onde foram discutidos assuntos referentes, especificamente, aos atendimentos e acolhimentos aos moradores de rua. Programas existentes que contemplam nosso município, bem como, orçamento para custeio do mesmo. Esperamos a parceria do Estado sobre essas demandas para ajudar o nosso município na manutenção e na melhoraria o trabalho ofertado”, disse Herileny.


Leia mais

Leia também