Secont participa de coordenação do Fórum de Combate à Corrupção

O secretário de Estado de Controle e Transparência, Edmar Camata, vai assumir a suplência da coordenação do Fórum de Combate à Corrupção do Espírito Santo (Focco-ES), grupo que reúne 12 órgãos de controle com atuação no Estado com o objetivo de manter uma atuação preventiva e integrada no combate a fraudes e desvios na gestão pública.

Nessa quarta-feira (19), a atuação do Focco-ES foi renovada por mais dois anos. A coordenação do Focco passará a ser feita pelo procurador da República no Estado, Alexandre Senra. “A participação da Secont nesse importante colegiado permitirá, sem dúvidas, o amadurecimento e o fortalecimento dos controles, permitindo também o compartilhamento das boas práticas e dos resultados atingidos pelo Espírito Santo no cenário nacional, como o 1° lugar nos três rankings de transparência e o reconhecimento por ser o Estado que mais aplica a Lei Anticorrupção”, destacou Edmar Camata.

Criado um agosto de 2016, o Fórum vem atuando para o desenvolvimento de ações direcionadas à fiscalização da gestão pública, ao diagnóstico e combate à corrupção, ao incentivo e fortalecimento do controle social e da transparência pública, ao tráfego de informações e documentos e ao intercâmbio de experiências.

As discussões são realizadas por meio da formação de Grupos de Trabalhos (GT), para debater, Preferencialmente, temas definidos, como ações pela Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA).

A partir dessas discussões podem ser definidas ações, como a realização de auditorias conjuntas entre os órgãos. Além disso, a criação do Focco-ES tornou mais ágil e sistematizada a troca de informações e documentos entre as instituições participantes, favorecendo a atuação preventiva no combate à corrupção.

Fazem parte do Fórum representantes da Controladoria Geral da União no Estado (CGU/ES); do Departamento de Polícia Federal no Estado (DPF/ES); do Ministério Público de Contas do Espírito Santo (MPC-ES); do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES); do Ministério Público do Trabalho no Estado (MPT/ES); Ministério Público Federal no Estado (MPF/ES); Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp); Secretaria da Fazenda (Sefaz); Secretaria de Controle e Transparência (Secont); Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil no Estado (RFB/ES); Tribunal de Contas da União no Estado (TCU/ES); e Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCE-ES).

 (Com informações da Assessoria de Comunicação do TCE-ES). 


Leia mais

Leia também