Seag realiza seminário de integração com Instituto Jones dos Santos Neves

A Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) realizou, nessa quarta-feira (18), um seminário de integração com o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN). O objetivo foi trocar experiências sobre o processo de avaliação dos impactos socioeconômicos e ambientais de políticas públicas.

A concepção do seminário surgiu como encaminhamento de uma reunião técnica realizada entre a Seag e o IJSN, no final de setembro de 2020. Nesta reunião foi possível identificar a compatibilidade de atividades e objetivos em comum existentes entre as duas instituições, no sentido da implementação, aprimoramento e avaliação dos reais impactos e resultados relacionados aos projetos e ações que a Secretaria executa para a sociedade.

Durante a abertura do evento, o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto, destacou a importância de ações de integração como estas dentro do Governo e salientou a relevância do trabalho do IJSN para o Estado. “Desde o início da minha vida pública, compartilhar atividades realizadas, desafios propostos e os resultados obtidos sempre foi o melhor caminho para viabilizar um debate rico e especializado sobre temas relevantes para a sociedade, de acordo com cada cenário. Nesse sentido, solidificar uma parceria com o Instituto Jones, que tem muita competência na área de análise de resultados de políticas públicas, é fundamental para agregar mais valor ao trabalho que a Seag vem fazendo”, afirmou Foletto.

O seminário contou com apresentações de diversos temas: Projeto Desenvolvimento Regional Sustentável (DRS); resultados da pesquisa realizada com os beneficiários do Programa Caminhos do Campo; sistema Geobases, versão 2.0; panorama sobre o planejamento estratégico da Seag,  carteira de projetos da Secretaria e a metodologia de gestão dos resultados; projeto de expansão da telefonia e internet rural no Estado do Espírito Santo; Programa Estadual de Barragens Públicas e o projeto sobre Energia Mais Produtiva.

A expectativa é de que as ações mais integradas sejam realizadas a partir desta parceria entre a Seag e o IJSN, pois a troca de conhecimento possibilitará potencializar os resultados das ações, permitindo mais decisões baseadas em evidências, uma gestão transparente e melhor uso dos recursos públicos.

Leia mais

Leia também