SE: Estado estabelecerá medidas de segurança contra Covid-19 mais rígidas nas festas de fim de ano

O governo do estado de Sergipe pretende endurecer as restrições preventivas no combate à Covid-19. A intenção foi anunciada nesta semana pelo governador Belivaldo Chagas, em coletiva de imprensa concedida após reunião do Comitê Técnico-Científico e de Atividades Especiais (Ctcae).

As medidas foram baseadas nos dados da pandemia no estado, apresentados pelos técnicos e cientistas do Comitê. Segundo o governador, com o avanço do contágio da doença em Sergipe e com foco nas confraternizações de fim de ano, a ocupação de bares, restaurantes e similares deverá ser reduzida.

Ocupação de leitos Covid-19 aumenta nos hospitais brasileiros

Pesquisa elenca prioridades de gestores municipais durante a pandemia

Belivaldo afirma que, até então, estava sendo permitido a ocupação de 75%, mas que deve haver uma redução para 50% nos bares e restaurantes. Em relação aos eventos que vieram a acontecer, “nos quais eram permitidas 200 pessoas em ambientes fechados e 300 em ambientes abertos”, haverá redução em 50%.

Além da ocupação reduzida, fica determinada a obrigatoriedade da apresentação de projeto detalhado das medidas sanitárias a serem adotadas pelo estabelecimento e respectiva aprovação pela Secretaria de Estado da Saúde.

Foto: Arquivo/EBC

Leia mais

Leia também