Saúde lança orientações para padronizar atendimento a pacientes com Covid-19

médico e paciente

– Foto:
Banco de imagens

O Governo Federal quer dar mais equidade no tratamento dos brasileiros com Covid-19, atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Por isso, o Ministério da Saúde publicou as “Orientações para o Manejo de Pacientes com covid-19”, voltado para profissionais de saúde. O documento orienta o atendimento dos pacientes desde o acolhimento dos casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 até a alta hospitalar. 

“O objetivo do documento é apresentar, de uma forma prática e viável, para todos os pontos de assistência do SUS, a maneira de organizar, as características da assistência e o fluxo de atendimento das pessoas suspeitas ou confirmadas da Covid-19, dos casos mais leves aos mais graves, que precisam de suporte ventilatório, em cada unidade de saúde”, explica Mariana Borges Dias, médica assessora da Coordenação Geral de Atenção Hospitalar e Domiciliar do Ministério da Saúde.

As orientações são resultado de um trabalho conjunto com  todas as áreas técnicas do Ministério da Saúde, que receberam apoio de especialistas de instituições públicas e privadas, para questões de suporte intensivo adulto e pediátrico, além do cuidado com gestantes. O objetivo é orientar a organização, de maneira prática, do fluxo de atendimento dos pacientes, principalmente aqueles que necessitam de suporte ventilatório.

O documento descreve as características da doença, as formas de diagnóstico – clínico e laboratorial – os fatores de risco e a importância da correta notificação. Também discrimina os procedimentos, estrutura e profissionais necessários, exames possíveis e desfechos esperados em cada tipo de serviço de saúde do SUS e para atendimento de públicos específicos, como crianças, gestantes e indígenas. Traz ainda orientações por fluxogramas para casos leves, moderados e graves, bem como suporte ventilatório, inclusive antes do paciente chegar à Unidade de Terapia Intensiva (UTI), além das possibilidades de teleatendimento e teleconsultoria.

Além disso, a orientação do documento é para que todos os pacientes com sintomas de síndrome gripal usem máscaras, conforme protocolo local, e ter o fluxo de atendimento diferenciado e sinalizado com uma sala de espera exclusiva. O atendimento deve seguir as recomendações de precaução de contato e antecedentes de risco e contar com exame físico que verifique os dados vitais e a oximetria de pulso e avalie a necessidade de testagem para Covid-19 e solicitação de exames de sangue ou de imagem.

Tratamento igualitário

Para dar a resposta adequada ao enfrentamento da pandemia, o SUS deve contar com infraestrutura e suprimentos adequados, organização da força de trabalho, comunicação unificada, clara e efetiva com a população e todas as unidades de saúde, apoio da telemedicina e regulação mais ágil para direcionar a demanda às vagas adequadas. “Com essas orientações os pacientes serão atendidos da mesma maneira, do Oiapoque ao Chuí, com mais eficiência e rapidez”, destacou o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Elcio Franco.

Para a proteção dos profissionais de saúde que atuam na linha de frente do atendimento à pandemia, o documento orienta que os hospitais tenham alas separadas para pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19. Também sugere um questionário rápido na entrada do turno dos profissionais para medir temperatura e avaliar outros sintomas de síndrome gripal. Outras orientações são refeitórios em turnos maiores de funcionamento e escalonados, reuniões virtuais, atenção aos locais de prescrição e repouso, quando de trocas de turno de plantão, uso de máscara cirúrgica e manutenção do distanciamento e uso adequado dos equipamentos de proteção individual, além de não transitar com material potencialmente contaminado.

 

Com informações do Ministério da Saúde 

Leia mais

“Parte dos empregos que vão se perder com a crise não voltarão como carteira assinada”, afirma superintendente do Sebrae

Pedro Rigo é o superintendente do Sebrae no estado do Espírito Santo (Foto: divulgação) ...

Deputado Enivaldo dos Anjos pede suspensão de trabalhos e deixa sessão por risco de Corona Virus

Deputado Enivaldo dos Anjos Diante da chegada do novo Corona Virus ao Espírito Santo e das medidas tomadas pelo Governo do Estado e da Mesa...

Inep formaliza alterações de calendário e procedimentos do Enem 2020

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais...

Leia também

Menino de quatro anos morre afogado em córrego no Noroeste do Espírito Santo

O pai da criança, Adriano Gomes, estava trabalhando na lavoura de café e conta que o menino ficou sozinho enquanto a mãe saiu para...

Justiça do Espírito Santo determina que vídeo antigo de Casagrande em festa junina seja retirado do ar

Imagens foram registradas em 2017, mas publicadas como se fossem atuais. Para o juiz, a publicação apresenta 'a clara intenção de macular a honra'...

Estado orienta instituições para proteção social de idosos e pessoas com deficiência no contexto do Covid-19

O cenário de pandemia exige a adoção de medidas, procedimentos e a reorganização de unidades e...

Barraginhas: conheça o sistema que abrange práticas de conservação de solo e recuperação hídrica

Uma forma simples de “plantar água”: o sistema de barraginhas permite que pequenas bacias façam a...