Saúde disponibiliza vacina contra meningite para crianças de até dez anos ainda não vacinadas em todo Estado

Como medida de enfrentamento à doença e o fortalecimento da cobertura da vacina meningocócica C conjugada, a Secretaria da Saúde (Sesa), por meio do Programa Estadual de Imunizações, passa a disponibilizar temporariamente a vacina contra meningite para crianças não vacinadas de até 10 anos (10 anos, 11 meses e 29 dias). 

“É uma ação especial que estamos realizando até dezembro deste ano. Os pais que, por algum motivo, ainda não levaram seus filhos para receber a dose no período indicado poderão fazer isso nos próximos meses, com crianças de até 10 anos. A medida tem por objetivo a proteção dessas crianças”, explicou a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis, Danielle Grillo.

Ação vai ao encontro das medidas definidas pelo Ministério da Saúde no combate à doença, em virtude às baixas coberturas vacinais nos últimos anos – agravada pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), evitando, assim, a ocorrência de surtos da doença, hospitalizações, sequelas e óbitos. 

Segundo a coordenadora, o Espírito Santo apresenta cobertura de 76,03% até o momento, sendo a meta preconizada pelo Ministério da Saúde de 95%. Em 2020, a cobertura vacinal da meningocócica C conjugada foi de 84,34%. Já em 2019, atingiu 90,46%.

 

Meningocócica C conjugada

A vacina meningocócica C conjugada está disponibilizada no Calendário Nacional de Vacinação em esquema de duas doses, aos 3 e 5 meses de vida, e uma dose de reforço, preferencialmente aos 12 meses de idade. 

Além disso, para as crianças que por algum motivo perderam a oportunidade de receber a vacina nas idades indicadas, recomenda-se a administração de uma dose até os 4 anos, 11 meses e 29 dias de idade. 

Para este momento, visando à ampla cobertura vacinal e proteção das crianças, estimulou-se a imunização do público ainda não vacinado até 10 anos (10 anos, 11 meses e 29 dias).