São Simão (GO) deve receber terminal rodoferroviário até 2021

Duas empresas, uma do setor de alimentos e outra da área de logística, fecharam parceria com o governo de Goiás para a construção de um terminal de transbordo rodoferroviário que será instalado no município de São Simão. O terminal poderá movimentar mais de 5,5 milhões de toneladas  de soja, por ano, além de milho e farelo de soja. 

Fase pós-covid da China deve influenciar agronegócio brasileiro

Com Protocolo de Nagoya, empresas estrangeiras podem investir mais na cadeia extrativista do Pará

O novo terminal rodoferroviário receberá cargas de Goiás, Mato Grosso e de cidades do Triângulo Mineiro. O governo de Goiás estima que o empreendimento vai gerar 290 empregos diretos e mais de mil postos de trabalho indiretos no período de obras e 90 empregos diretos quando o terminal estiver em operação. A previsão é de que o terminal de São Simão comece a operar no primeiro semestre de 2021.

Com a entrega do terminal, espera-se que grãos e produtos industrializados cheguem ao Porto de Santos com um preço mais competitivo para o setor produtivo de Goiás. O terminal terá capacidade de armazenamento  de 42 mil toneladas, descarga rodoviária de 850 toneladas por hora e carregamento ferroviário de 3 mil toneladas por hora. 

Foto: Prefeitura de São Simão (GO)

Leia mais

Leia também