Samu para Todos: Estado realiza oficina estratégica para implementar serviço na Região Norte de Saúde

Para realizar os ajustes e alinhamentos das próximas ações e etapas do Programa Samu para Todos na Região Norte de Saúde, a Secretaria da Saúde (Sesa) realizou, nesta quarta-feira (06), uma oficina estratégica com a presença dos principais atores responsáveis para a futura operacionalização do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) na região.

“É um encontro para se formar um espaço de construção e discussão das situações que o serviço de excelência, como o Samu 192, requer. Teremos uma grande entrega à região norte e estamos iniciando um movimento importante hoje, com a aproximação dos atores estruturantes envolvidos, na celeridade e ajustes ainda necessários”, destacou o subsecretário de Estado de Regulação, Controle e Avaliação em Saúde, Gleikson Barbosa.

Além da presença da equipe da Sesa, responsável pelo Programa Samu para Todos, a oficina também contou com a presença do superintendente de saúde da Região Norte, Edilson Monteiro; dos representantes e o presidente do Consórcio CIM Norte, o prefeito de Pinheiros, Arnobio Pinheiro;  da superintendente Risonete Oliveira; da organização social selecionada para a operacionalização do Samu, Avante Social; e da Santa Casa de Misericórdia de Vitória, entidade filantrópica que gerencia a regulação do Samu.

Em sua fala, Arnobio Pinheiro agradeceu o Governo do Estado pela iniciativa. “Agradecemos ao governador Renato Casagrande pela preocupação em todas áreas e que tem dado um carinho especial à saúde. O dia de hoje será histórico e tenho certeza que o mais rápido possível, juntos, vamos implantar esse serviço tão especial”, ressaltou.

Durante a reunião, foram discutidas as temáticas técnicas e operacionais, como os sistemas e softwares a serem utilizados; os processos da regulação estadual, os pontos de atenção da Rede de Urgência e Emergência, entre outros. 

“Já realizamos algumas expansões para se chegar à cobertura que temos hoje do Samu 192, mas esse processo junto ao Programa Samu para Todos não traz somente a questão do cofinanciamento, mas também a corresponsabilidade, na qual Estado, União e municípios participam efetivamente”, ressaltou a coordenadora do Programa Samu para Todos, Élida Ierke.

As oficinas neste formato seguirão acontecendo para o alinhamento com as regiões Sul e Central de Saúde, que também estão realizando a implementação do serviço do Samu 192.

 

Samu para Todos Região Norte

Junto às estratégias de regionalização, os municípios da região norte também contarão com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192). Os processos, iniciados no último quadrimestre do ano anterior, encontram-se no processo de organização da Central de Regulação Estadual para a região. 

Pelo Consórcio CIM Norte, serão contemplados os municípios de Boa Esperança, Conceição da Barra, Jaguaré, Montanha, Mucurici, Nova Venécia, Pedro Canário, Pinheiros, Ponto Belo, São Mateus e Vila Pavão. Já pelo Consórcio CIM Noroeste, serão contemplados os municípios Água Doce do Norte, Barra de São Francisco e Ecoporanga, dando 100% de cobertura à região. 

O investimento contará com o cofinanciamento de custeio e investimento anual de, aproximadamente, R$ 8,7 milhões, entre Estado e municípios. O programa, denominado Samu para Todos, está em conformidade com o Decreto Nº 4.548-R, de dezembro de 2019.

 

Samu 192

O Samu 192 faz parte da Rede de Urgência e Emergência do Estado. É um serviço de socorro que funciona 24 horas, por meio de orientações e do envio de unidade móvel e equipe capacitada para a realização do atendimento. Sua finalidade é prestar socorro à população em casos de risco à vida, realizando atendimentos em residências, locais de trabalho e vias públicas.

Atualmente, o Samu 192 atende a 22 municípios, com cobertura de 57,2% da população capixaba. Os municípios de abrangência são Afonso Cláudio, Anchieta, Brejetuba, Cariacica, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Fundão, Guarapari, Ibatiba, Itaguaçu, Itarana, Laranja da Terra, Marechal Floriano, Piúma, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, Serra, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Velha e Vitória.

 

Leia mais

Leia também