Rússia responde às manobras da Otan com teste do S-400 na Crimeia


De acordo com informações fornecidas na terça-feira (29) pelo porta-voz da Frota Russa do Mar Negro, Alexei Rulyov, as forças russas realizaram treinamento de detecção de alvos para testar a prontidão dos sistemas S-400 implantados na Crimeia.

Citado pela agência de notícias local Interfax, Rulyov detalhou que, durante o teste, caças Su-24, Su-27 e Su-30SM, bem como helicópteros Mi-8 e Ka-27, foram usados ​​como alvos simulados para as unidades defesa aérea.

O sistema S-400, em serviço operacional no Exército Russo desde 2007, tem um alcance de até 400 quilômetros e pode destruir alvos a uma altura de até 30 quilômetros.

Segundo especialistas militares, o S-400 está entre os cinco tipos de armas russas capazes de destruir a linha ofensiva das Forças Armadas da Ucrânia no caso hipotético de um confronto militar entre os dois países.

Rússia e Otan terão uma relação mais conflituosa do que a existente entre Moscou e Washington, devido à agenda expansionista da entidade militar, segundo um especialista.

Desde segunda-feira, a Ucrânia e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) realizam exercícios navais no Mar Negro; o maior em quase um quarto de século.

Mar Negro e o presidente da Rússia, Vladimir Putin

Mar Negro e o presidente da Rússia, Vladimir Putin (Foto: REUTERS)

Leia mais

Leia também