Rússia e China vão produzir juntas mais de 100 milhões de doses da Sputnik V no país asiático


O Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF) anunciou nesta segunda-feira (19), que fechou acordo com a farmacêutica chinesa Hualan Biological Bacterin Inc. a produção de mais de 100 milhões de doses da vacina Sputnik V contra o coronavírus no país asiático. 

As autoridades russas detalharam que mais de 50 milhões de pessoas poderiam ser vacinadas com esse número de doses, acrescentando que o RDIF e o Hualan Biological Bacterin “se comprometeram a manter uma colaboração de longo prazo para a produção da vacina”, informa a RT.

“O acordo de cooperação com a Hualan Biological Bacterin, um dos principais fabricantes de vacinas da China, ajudará a aumentar significativamente a capacidade de produção do Sputnik V”, disse o diretor da RDIF, Kirill Dmitriev. “A China é um dos principais parceiros na produção da vacina russa, que já é usada em praticamente todo o mundo para proteger a saúde humana, pois o Sputnik V tem se mostrado seguro e altamente eficaz”, acrescentou.

A vacina russa Sputnik V será produzida também na China

A vacina russa Sputnik V será produzida também na China (Foto: Sputnik/Mikhail Allaeddin)

Leia mais

Leia também