Rússia conclui testes e quer distribuir vacina contra a covid-19 em agosto

A Rússia está mais perto de se tornar o primeiro país a iniciar a distribuição de uma vacina contra o coronavírus para a população. O país anunciou hoje que concluiu parte dos testes clínicos necessários para comprovar a eficácia da imunização desenvolvida por iniciativa do governo russo. A expectativa é de que a distribuição comece já em agosto.

“A pesquisa foi concluída e provou que a vacina é segura”, disse Yelena Smolyarchuk, chefe do centro de pesquisas clínicas da Universidade Sechenov, à agência de notícias estatal TASS.

A vacina aprovada foi desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa para Epidemiologia e Microbiologia Gamalei. Segundo o diretor da instituição, Alexander Gintsburg, a previsão é que a vacina “entre em circulação civil” entre 12 e 24 de agosto. O Ministério da Saúde russo ainda realizará testes bioquímicos da vacina, mas espera finalizar o processo até setembro, mesmo mês para o qual Gintsburg prevê o início da produção em massa por laboratórios privados.

A vacina russa está perto de ser distribuída porque os testes clínicos começaram em junho. A Universidade Sechenov agrupou 38 voluntários remunerados para o estudo. Parte deles já receberá alta nesta quarta-feira (15), quando terão completado 28 dias em isolamento. A intenção foi protegê-los de outras possíveis infecções.

Os voluntários têm entre 18 e 65 anos e ainda serão monitorados por mais seis meses. Também no mês passado, o exército russo iniciou uma outra frente de testes clínicos da vacina. O estudo vai durar dois meses e segue em andamento. A Rússia é o quarto país do mundo com o maior número de pessoas contaminadas pelo coronavírus. Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, o país tem mais de 730.000 pessoas infectadas e já passou de 11.000 mortes causadas pela covid-19.

Informações: Uol

Leia mais

Super-terça: o que está em jogo nas eleições dos EUA

Hoje é um dia importante para o Partido Democrata na corrida presidencial dos Estados Unidos. O concorrente de Donald Trump nas eleições de novembro...

Acidente envolvendo três veículos na Reta do Maia, em Barra de São Francisco

Foi registrado um acidente na manhã desta sexta feira, 07/08/2020, na Reta do Maia, em Barra de São Francisco, evolvendo três veículos. A polícia...

Retorno das aulas no Espírito Santo ainda não tem data definida, diz secretário

  Em coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira (20), o subsecretário de Saúde do Espírito Santo, Luiz Carlos Reblin, afirmou que ainda não há...

Funcionária que agendava consultas no Hospital de Barra de São Francisco é transferida com suspeita de dengue hemorrágica

A denúncia é grave e alarmante sobre a questão da dengue no município de Barra de...

Leia também

Municípios paranaenses economizam 17 milhões após alertas do TCE- PR

“É melhor prevenir do que remediar”. O provérbio popular descreve bem o que o Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR) tem feito no monitoramento...

Política governamental pode ampliar a produção nacional de minerais estratégicos

Na tentativa de priorizar esforços governamentais para a implantação de projetos de produção de minerais estratégicos para o desenvolvimento do Brasil, o Conselho de...

Maioria dos prefeitos médicos teve bom desempenho contra Covid-19

Durante as eleições, 276 dos mais de cinco mil prefeitos brasileiros declararam à Justiça Eleitoral que são médicos. Por mais que a profissão possa...

Sem crédito para cobrir custos fixos, empresas do Amazonas reduzem quadro de funcionários

O cenário da crise causada pela pandemia de Covid-19 vem acumulando cada vez mais empresas com portas fechadas. Com a diminuição da atividade econômica,...