RS: Condições climáticas e “bandeira vermelha” levam estado a melhorar índices de isolamento social

O último estudo divulgado pelo Comitê de Dados para o enfrentamento da Covid-19 aponta que o percentual de gaúchos que passaram a adotar o isolamento social com mais intensidade ficou em 43%. A medida foi notada graças ao aumento de regiões com bandeira vermelha, ou seja, classificadas como de alto risco, associadas às condições climáticas mais adversas dos últimos dias, no estado, como o registro de temperaturas mais baixas.

Estados e municípios pedem ampliação de MP 938 que compensa perdas arrecadatórias neste ano

MS muda estratégia e adota nova orientação para atendimento dos casos da Covid-19

Região Sul tem as maiores taxas de crescimento de casos e óbitos por Covid-19 na última semana

Apesar de continuar distante da recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), de um isolamento mínimo de 50%, o resultado mostra que o Rio Grande do Sul tem o melhor comportamento entre os demais estados da região Sul.

No início da pandemia, a população do Rio Grande do Sul chegou a ter índices de isolamento próximos de 60%. No entanto, no mês de maio, a taxa caiu para 39,4% e, ao longo do último mês, o comportamento ficou sempre abaixo da média nacional. 
 

Foto: Arquivo/EBC

Leia mais

Leia também