Rodoviários fazem paralisação e parte dos ônibus do transporte municipal de Vitória não circula

Trabalhadores alegam que estão com três meses de salários atrasados e que outros benefícios não estão sendo pagos.


Os motoristas e cobradores da Viação Tabuazeiro, uma das três empresas que faz o transporte coletivo de Vitória, começaram uma nova paralisação na manhã desta segunda-feira (22).

Os ônibus das viações Grande Vitória e Unimar circulam normalmente.

A categoria alega que os profissionais da Tabuazeiro estão com três meses de salários atrasados, entre outros benefícios que não estão sendo pagos.

No final de abril, os rodoviários da mesma viação fizeram uma paralisação por semanas por conta do atraso de parcelas do salários e do auxílio alimentação.

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários do Espírito Santo (Sindirodoviários-ES), além do pagamento de três meses de trabalho atrasado e duas parcelas do auxílio-alimentação, o plano de saúde também não está sendo pago.

Nesta manhã, os rodoviários que trabalham na viação estão reunidos na garagem da empresa em Carapina, na Serra, para definir o posicionamento dos trabalhadores em relação aos atrasos.

O Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Espírito Santo (Setpes) foi procurado, mas não enviou um posicionamento sobre o caso até a publicação desta reportagem.

Leia mais

Leia também