RO: Colégios SESI-SENAI utilizam Lego como instrumento de aprendizagem

Para ampliar a capacidade empreendedora e criativa dos alunos, os colégios do SESI e SENAI de Rondônia implementaram uma dinâmica de ensino com a utilização de lego – um brinquedo no qual o conceito se baseia em partes que se encaixam permitindo diversas combinações. A iniciativa faz parte do Programa de Educação Tecnológica Curricular Lego nas unidades da Rede SESI de Educação.

O coordenador de Educação SESI, SENAI e IEL de Rondônia, Jair Coelho, conta que o lego é usado como ferramenta de aprendizagem para os alunos desde às séries iniciais. Segundo ele, trata-se de uma metodologia que estimula a criatividade e o raciocínio dos estudantes envolvidos.  

“A dinâmica empreendida nas escolas do SESI busca explorar ao máximo a ludicidade, a liberdade e a superação de desafios que a ferramenta propicia trabalhar e que resulta na elevação da aprendizagem nas distintas áreas do conhecimento”, explica o coordenador.

Oito equipes vencem o Inova Senai 2020

MG: Fábrica instalada no estado transforma rejeitos da mineração em produtos para a construção civil

Estudantes terão prazo maior para validação das inscrições do Fies

Jair Coelho destaca, ainda, que o material utilizado nas aulas alia a montagem de um brinquedo com novas tecnologias. Na avaliação dele, muitas vezes parte do interesse de cada aluno a criação de um sistema que simula algo que ele viu na rua, em um filme ou uma ideia que ele teve, por exemplo.

“A prática da introdução planejada do recurso lego nas diversas fases de aprendizagem dos alunos das escolas SESI/SENAI é de alcance nacional. Muito bem avaliada por pedagogos, professores, alunos, pais e responsáveis. É um objeto de intensos intercâmbios e saudáveis disputas para novas possibilidades”, pontua.

Durante as aulas, os alunos recebem as instruções de montagem e por meio de perguntas, desafios ou de material guia criam a programação e colocam o robô de lego para funcionar. Depois disso vem os desafios, que podem ser desde adaptar um projeto já montado ou desenvolver um novo. Nesse momento os alunos por meio do trabalho em equipe, pesquisas ou orientação do professor, aprimoram suas habilidades e criam coisas que até mesmo a gente não espera.

Matrículas abertas

De acordo com a instituição, as matrículas estarão abertas até 27 de janeiro de 2021. Ao todo, a Rede SESI de Educação conta com vagas abertas para os colégios SESI de Cacoal (360 vagas); Pimenta Bueno (300 vagas); Porto Velho (800 vagas) e Vilhena (480 vagas).

As vagas são disponíveis para Ensino Fundamental anos iniciais, anos finais e Ensino Médio. O Novo Ensino Médio está com oferta para 2021, exclusivamente para os colégios do SESI Cacoal, Porto Velho e Vilhena. Para mais informações, os interessados podem ligar para o número: 0800-647-3551. Outro canal de acesso é o Portal Sesi.

Foto: Arquivo/SESI

Leia mais

Leia também