Rio Branco-ES se torna primeiro capixaba a investir no digital

Compartilhe

Por Vitor Nicchio, Globo Esporte
— Vitória, ES

 

O Rio Branco-ES anunciou neste domingo o lançamento da $RBAC, o fan token oficial do clube Alvinegro. O Brancão é o primeiro clube capixaba a entrar nesse mercado e o criptoativo já está em atividade por R$0,01 na Connectbx. A marca do Fan Token Capa-Preta ficará estampada nas costas da camisa do Brancão e na bermuda.

Os torcedores que comprarem o fan token poderão participar de decisões do dia a dia do clube. O novo ramo dará aos fãs mais uma alternativa de relacionamento junto ao Rio Branco. A torcida terá participação em experiências e decisões do clube através do voto, além de concorrer a sorteios e contar com promoções e serviços exclusivos.

A marca Fan Token Capa-Preta já está presente como placa de publicidade no Kleber Andrade e no CT do Rio Branco em Ponta da Fruta. O Brancão estabeleceu visita ao CT e ao estádio como beneficios e ainda estuda oportunidades a mais para os sócios-torcedores dentro da plataforma.

– O Rio Branco não teve custo com a criação do Fan Token. Firmamos parceria em contrato de exclusividade no futebol capixaba com a Connect Blockchain e Exchange, renomada empresa do segmento que desenvolveu o produto, cumpriu o processo burocrático de criação e assumiu os custos. O clube, além de se tornar um ativo no mercado, receberá percentual vantajoso das operações virtuais de movimentação do fan token. – diz o presidente Paulo Pacheco.

Fan Token Capa-Preta — Foto: Divulgação

Fan Token Capa-Preta — Foto: Divulgação

O mercado de fan token tem crescido no futebol mundial e no Brasil já foi incorporado por clubes como Atlético-MG, Botafogo, Corinthians, Flamengo, Internacional, Palmeiras, São Paulo, Vasco da Gama, entre outros. O Rio Branco se junta a iniciativa dos criptoativos digitais como forma de finalização, haja vista que os torcedores compram criptomoedas para usufruir do mercado digital.

Os fan tokens já foram colocados à venda e o Brancão espera lucrar em cima dos direitos de cada emissão do ativo digital – valor da porcentagem do lucro não revelado. O lançamento é limitado e não receberá nova produção. O maior campeão do Espírito Santo tornou-se sócio da Connectbx por tempo indeterminado e conta com 10 bilhões de fan token ao preço inicial de R$ 0,01 (um centavo).

– Quem adquirir poderá participar de votações, como, por exemplo, definir o designer da braçadeira de capitão, o layout da camisa do clube, e demais decisões através de enquete para o holder se sentir inserido nas decisões do clube, somado a sorteios de produtos e serviços exclusivos, além de, em breve, compra de ingresso e produtos na promoção, visita no CT e aos vestiários no estádio, compra de produtos na plataforma Connect e a contribuir com o clube de coração.

Na sua visão, como primeiro clube capixaba, qual a importância de entrar no mercado de Fan Token?

– A atual gestão se propôs a estruturar, profissionalizar e modernizar o Rio Branco. Fomos o primeiro clube do Estado a assinar contratos de royalties, criamos departamento de licenciamento de marca e produtos oficiais, e estamos na vanguarda do mercado de criptomoedas. Através desta ação, o Rio Branco torna-se um ativo no mercado que poderá valorizar a marca do clube, o investimento financeiro do torcedor, e se junta aos principais clubes do Brasil e do mundo, seguindo a tendência mundial dos clubes de futebol.

Qual a primeira ação planejada?

– Em breve divulgaremos bônus de uma camisa oficial exclusiva para o torcedor que adquirir acima de R$ 1.000,00 (um mil reais) em fan token do clube. Também está planejado a médio prazo contratação pelos Holders de jogadores e influenciador digital, com recursos do fan token. Demais ações de Marketing relativas ao produto divulgaremos brevemente.

Quantos fan token foram disponibilizados no primeiro lançamento?

– 10 bilhões ao preço inicial de R$ 0,01 (um centavo). O lançamento é limitado e não será produzido novamente criptomoeda do clube. O Holder que adquirir no início obterá rendimento financeiro, pois a tendência é a valorização do Capa Preta Fan Token.

Leia também

Assassinado durante cavalgada em Barra de São Francisco, jovem queria ser caminhoneiro

Morreu neste domingo (14) o jovem Guilherme Cardoso do Nascimento, de 18 anos, que foi esfaqueado na região...

ES: motorista de aplicativo preso por se masturbar durante corrida é solto sem pagar fiança

O motorista da Uber de 42 anos, preso por se masturbar enquanto transportava uma passageira, na tarde do...

ES: casa é destruída por incêndio após criança colocar fogo em bíblia

  Casa de vendedora ambulante foi destruída por incêndio em Cariacica, ES Uma casa foi destruída por um incêndio no...

Operação fecha fábrica e apreende pó de café irregular no Espírito Santo; veja as marcas

Uma operação interditou, nesta segunda-feira (8), uma fábrica de café irregular em Irupi, no Sul do Espírito Santo. Embalagens...

Péssima qualidade da água preocupa moradores em Mantenópolis

A péssima qualidade da água que chega às residências em Mantenópolis está deixando moradores preocupados. Essa semana um dos...

Descolamento de retina: Fique atento!

Conversaremos hoje sobre uma das doenças mais graves relacionadas ao olho que existem: o descolamento de retina. Fique...

Projetos de alimentação gratuita em Barra de São Francisco já serviram mais de 255 mil refeições

  Um balanço publicado no final da semana passada pela coordenação dos programas de apoio alimentar implantados em Barra...

Morre jovem esfaqueado em cavalgada seguida de show em Barra de São Francisco

  Morreu neste domingo (14) o jovem Guilherme Cardoso do Nascimento, de 18 anos, que foi esfaqueado na região...