Revestimento em granito de espaço ajardinado na calçada cidadã começa a ser colocado nesta terça-feira, 14

Compartilhe

O calçadão da avenida Jones dos Santos Neves começa nesta terça-feira, 14, a receber revestimento em granito amarelo, típico da região, no espaço ajardinado que está sendo construído no início da calçada, na esquina da rua Elizeu Divino com a avenida.

O material começou a ser depositado na calçada na noite desta segunda-feira, 13, e, nesta terça-feira, os servidores da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, começam a assentar as peças no período vespertino, segundo a secretária municipal de Obras e Urbanismo, Marianne Cavalcante Cortes Faroni.

A informação é da secretária municipal de Obras e Urbanismo, Marianne Cavalcante Cortes Faroni, que esteve fazendo uma visita técnica à empresa Toledo Mineração para verificação do material que será utilizado, com acabamento levigado (acabamento semi-polido, apropriado para áreas internas e externas), similar ao granito da praça central. Foram licitados 1.100 m² desse material.

As obras de requalificação urbana que estão sendo promovidas pelo prefeito Enivaldo dos Anjos em vários trechos do centro da cidade e bairros, têm sido muito bem aceitas pela comunidade e a calçada cidadã que está sendo implantada entre a esquina da rua Elizeu Divino e a travessa Pedro Coimbra, um trecho de 260 metros, terá 3,7 metros de largura, piso antiderrapante e tátil (para deficientes visuais), além de três rampas de acesso para deficientes físicos, cumprindo, com sobras, todas as normas da NBR 9050, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para construção de calçadas.

O prefeito, que esteve visitando a obra recentemente, foi muito felicitado por populares que passavam pelo local e fizeram questão de parabenizar o prefeito por estar dando vez ao pedestre nas calçadas do centro da cidade.

Depois de feito o alargamento da calçada, teve início a construção do novo espaço, que está ganhando um canteiro com banco, onde as pessoas poderão parar para descansar e trocar um dedo de prosa.

Como afirma o prefeito, a sua gestão veio para revolucionar, também no sentido de melhorar a mobilidade, de dar mais espaço ao pedestre, de abrir mais espaços para o lazer e a prática de exercícios e, isto tem sido feito em vários locais.

Calçada cidadã

De acordo com a secretária municipal de Obras e Urbanismo, Marianne, a ampliação desse trecho da calçada no lado direito de quem desce a avenida Jones dos Santos Neves serve de projeto-piloto para as calçadas que venham a ser construída no município, além de intervenções em avenidas e ruas mais antigas.

E a criação de pequenos jardins, como o que está sendo feito no começo da calçada é uma das intervenções que vão trazer mais charme e beleza para a cidade e mais conforto para os pedestres, seguindo norma da ABNT que determina a oferta de ‘espaços de encontro às pessoas para a interação social.’

“Queremos e vamos fazer de Barra de São Francisco uma cidade moderna, adaptada aos conceitos básicos de proteção e conforto aos pedestres e, para tanto, estamos iniciando esse projeto. Na verdade, a construção das calçadas é uma obrigação dos proprietários de imóveis urbanos, dentro dos padrões estabelecidos pelo Código de Postura, mas estamos fazendo esse trecho e outros para dar o exemplo, já que a maioria das calçadas do centro e bairros é feita pelos proprietários de acordo com as suas necessidades, sem respeitar o direito dos pedestres”, observa o prefeito, destacando que a “calçada ideal é aquela que garante o caminhar livre, seguro e confortável para o pedestre.”

De acordo com as normas da ABNT a calçada ideal deve oferecer:

Acessibilidade: assegurar a completa mobilidade ao pedestre.

Largura adequada: deve atender as dimensões mínimas na Faixa Livre.

Fluidez: os pedestres devem conseguir andar em velocidade constante.

Continuidade e Segurança: o revestimento deve ser firme e antiderrapante, mesmo quando molhado, com inclinação transversal de 3% para o escoamento de água pluviais, sem buracos, pedras faltantes ou outras incidências que possam gerar risco de queda ou tropeço.

Espaço de socialização: deve oferecer espaços de encontro às pessoas para a interação social.

Desenho da paisagem: deve propiciar climas agradáveis que contribuam para o conforto visual do usuário.

Leia também

PCES prende homem suspeito de furtar materiais de uma obra

As equipes das Delegacias de Polícia de Jaguaré e Vila Valério prenderam em flagrante, na tarde dessa quarta-feira (29),...

Cinco cidades atingidas por chuvas intensas receberão R$ 4,9 milhões para ações de defesa civil

Cinco cidades brasileiras atingidas por chuvas intensas vão receber cerca de R$ 4,9 milhões para ações de defesa...

Café produzido no Estivado vence 1º Concurso de Café Conilon de Jaguaré

O ganhador do 1º Concurso de Café Conilon de Jaguaré foi conhecido no último sábado (03), durante o...

Estudo propõe termos mais simples para reclassificar obesidade

Um estudo conduzido pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional São Paulo (SBEM-SP) propõe um novo tipo...

Público lota avenida para ver manobras radicais da Equipe Força & Ação

Um grande público, formado em sua maioria por jovens, lotou o trecho da avenida Jones dos Santos Neves,...

Idosa é assaltada no bairro Beira Rio, em Nova Venécia

Na manhã desta terça-feira (05), uma idosa de 61 anos, foi assaltada no bairro Beira Rio, em Nova...

Homem é morto a tiros dentro de carro em Vitória

  Policiais e populares acompanharam o trabalho de perícia no carro em que o corpo foi encontrado no Morro...

INDICADORES: Preço do boi gordo tem alta nesta sexta-feira (1º)

A cotação da arroba do boi gordo começou a sexta-feira (1º) com alta de 0,19% e o produto...