Reunião define novas ações no enfrentamento ao coronavírus em Jaguaré

Na manhã desta segunda-feira (15), o prefeito de Jaguaré, Marcos Guerra, se reuniu com os secretários municipais de Desenvolvimento Econômico, de Saúde, de Gabinete e de Educação, com as chefias da Vigilância Sanitária e da Vigilância Epidemiológica, e com a procuradora-geral, para tratar de possíveis ações no combate ao coronavírus.

De acordo com o Mapa de Gestão de Risco para a semana de 15 a
21 de março, divulgado pelo Governo do Estado na última sexta-feira (12),
nenhuma cidade do Espirito Santo encontra-se em risco baixo de transmissão.
Desta forma, Jaguaré, que se encontrava no nível mais baixo do mapa há seis
semanas, aparece, agora, em risco moderado, o que faz com que a cidade tenha
que adotar algumas medidas restritivas a mais para conter o avanço do vírus.

“O Governador do Estado anunciou que estamos chegando a
níveis críticos de ocupação de UTIs, nesta que ele considera a pior fase desde
o início da pandemia. Por isso, estamos muito preocupados e não vamos poupar
esforços no sentido de conter o avanço da doença” declarou o prefeito, Marcos
Guerra.

De acordo com Guerra, algumas medidas entrarão em prática
durante essa semana e outras serão intensificadas. “Teremos barreiras
sanitárias na entrada e na saída da cidade, estamos montando tendas na parte
externa da UMI para separar os pacientes com sintomas gripais, onde encontrarão
um médico específico para atendimento de Covid, e separamos o local de coleta
de exames para uma casa próxima a Unidade Mista de Internação”.

Nos últimos meses, com o aumento número de testes
realizados, os casos positivos também tiveram um aumento significativo e, até o
momento, já somam 2.346 pessoas confirmadas com Covid-19 e 32 óbitos
registrados.

A Prefeitura de Jaguaré publicou o decreto de Nº 35/2021,
para formalizar todas as ações utilizadas no combate à pandemia.

 

Leia mais

CRISE DE HONESTIDADE

Leia também