Retrospectiva 2021: relembre os fatos que marcaram o ano no Espírito Santo

Compartilhe

 

Técnica de enfermagem Iolanda Brito foi a primeira vacinada contra a Covid-19 no Espírito Santo — Foto: Any Cometti/ g1

Técnica de enfermagem Iolanda Brito foi a primeira vacinada contra a Covid-19 no Espírito Santo — Foto: Any Cometti/ g1

Início da vacinação contra Covid-19, novos prefeitos, morte de Cariê Lindenberg, estragos das chuvas, animais que bombaram na web, crimes que chocaram os capixabas e mais. O g1 relembrou os fatos que marcaram o ano de 2021, mês a mês, no Espírito Santo.

Início da vacinação contra Covid-19: a técnica de enfermagem Iolanda Brito, de 55 anos, foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 no Espírito Santo. A aplicação da vacina aconteceu por volta das 20h25 do dia 18, durante uma cerimônia simbólica no Hospital Estadual Dr. Jayme dos Santos Neves, na Serra, onde ela trabalha.

Acidente aéreo deixa mortos: duas pessoas morreram na queda de um helicóptero no bairro Riviera da Barra, em Vila Velha, no dia 6. As vítimas do acidente foram o engenheiro de manutenção Octávio Schneider, de 68 anos, que era proprietário da aeronave e quem a pilotava, e uma mulher, a empresária Lucimara Poleto, de 52.

Sem máscara e debochando da vacina: o Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitória abriu uma investigação para apurar a conduta de uma enfermeira que publicou nas redes sociais um vídeo em que aparece sem máscara no posto de trabalho, durante o expediente. A publicação foi feita no dia 22. Horas antes, a mesma enfermeira publicou um vídeo em que desdenhava da aplicação da vacina CoronaVac. Três dias depois ela disse que estava “exercendo o direito de liberdade de expressão como cidadã”.

Prefeitos e vereadores tomam posse: os prefeitos e vereadores eleitos em 2020 nas cidades capixabas tomaram posse no dia 1º e iniciaram os mandados que vão até o final de 2024.

Cadelinha frentista: uma cadelinha se tornou o xodó de funcionários e clientes de um posto de gasolina em Castelo. Pandora chegou lá há três anos, com fome e com sede. Os funcionários deram um pouco da comida da própria marmita para ela. Com o tempo, Pandora conquistou o coração dos funcionários. Hoje, ela tem ração, água, e até um até crachá do posto.

Brincadeira de criança deixa cidade sem vacina: um menino de nove anos foi o responsável por desligar o relógio de energia elétrica da sede de vacinação de Rio Bananal, de acordo com a Polícia Civil. O ato fez com que a cidade perdesse todas as vacinas disponíveis naquele momento contra a Covid-19. Outros tipos de vacina, assim como testes de sangue e medicamentos, também foram perdidos.

Feminicídio de jovem choca o ES: Uma jovem de 25 anos, Luana Demonier, foi morta a facadas, no dia 9, no bairro Vila Capixaba, em Cariacica. O ex-namorado foi preso e confessou o crime. Ele respondia a oito inquéritos por violência doméstica e Luana tinha medida protetiva contra ele. A jovem também tinha mandado mensagens para amigas falando do medo que sentia do ex.

Condenado após estuprar e engravidar sobrinha: o homem de 33 anos que estuprou e engravidou a sobrinha de 10 anos em São Mateus foi condenado a 44 anos, três meses e cinco dias de prisão. A gestação da menina foi interrompida com autorização da Justiça.

Morre freira que ensinou Roberta Carlos a ler e escrever: a irmã Fausta, freira que ensinou o cantor Roberto Carlos a ler e escrever durante a infância dele em Cachoeiro de Itapemirim morreu aos 98 anos, no dia 14, em Vila Velha. O cantor usou a rede social para homenagear a religiosa e falou da amizade dos dois, que se manteve desde a infância.

Susto na igreja: uma bala perdida atravessou o teto da Igreja Matriz São José, no bairro Maruípe, em Vitória, e caiu aos pés do padre que celebrava a missa. A celebração estava sendo transmitida ao vivo pela internet e ninguém ficou ferido. De acordo com uma publicação feita pela Paróquia São José em uma rede social, a cápsula caiu no chão da igreja após uma queima de fogos na região. O projétil atingiu o teto de zinco e perfurou o gesso da igreja.

Quarentena mais rígida: a fase da quarentena para combate à Covid-19 com medidas mais restritivas no estado foi iniciada no dia 28. Entre as medidas estavam a suspensão do transporte público e o funcionamento mais restrito do comércio.

Boi furioso: um boi que apareceu no Centro de Linhares assustou moradores e provocou congestionamento no trânsito da cidade no dia 31. O animal, que fugiu de uma propriedade, ficou solto por cerca de duas horas. Após várias tentativas, ele foi capturado por um grupo de voluntários e será encaminhado ao Centro de Zoonoses.

Jornalistas ameaçados: os ônibus do sistema Transcol foram impedidos de entrar em Planalto Serrano, na Serra, depois que um intenso tiroteio foi registrado no dia 2. A equipe de reportagem da TV Gazeta estava em Planalto Serrano para cobrir o fato quando recebeu ameaças de criminosos armados e foi obrigada a se retirar do bairro. Os homens ordenaram que os jornalistas desligassem as câmeras e deixassem o local. Frases como “apaga tudo” e “mete o pé” puderam ser ouvidas enquanto as equipes abaixavam os equipamentos. De acordo com os criminosos, a situação poderia “ficar pior” caso os repórteres não saíssem do local.

Mãe homenageia filho: A sabedoria popular diz que há um pote de ouro no fim do arco-íris. No caso do ator Bruno Menegueli Fonseca, de 22 anos, o tesouro foi a própria família. A mãe dele, a comerciante Adriana Menegueli Fonseca, resolveu pintar a casa da família, em Anchieta, com as cores da bandeira LGBTQIA+ para homenagear o filho.

Temporal causa morte e transtornos: o primeiro grande temporal do ano a atingir o Espírito Santo foi em março. Entre os dias 7 e 8, a chuva forte com raios deixou uma pessoa morta e causou vários estragos. Em Pancas, um homem morreu. Ele foi atingido por uma descarga elétrica na localidade de córrego São José. Raios também mataram animais no interior do estado. Na Grande Vitória, shoppings e hospitais foram invadidos pela água. Já nas ruas, motoristas e pedestres ficaram presos em meio aos alagamentos. Um muro desabou em cima de carros em Cachoeiro de Itapemirim.

Morre Cariê Lindenberg: o empresário, músico e escritor Carlos Fernando Lindenberg Filho, o Cariê, morreu no dia 6, em Vitória, aos 85 anos, em decorrência de complicações de uma pneumonia. Responsável pelo surgimento da maior rede de comunicação do Espírito Santo, fundador da TV Gazeta, afiliada da TV Globo, e do site “Gazeta Online” – hoje “A Gazeta” -, ele presidia o Conselho de Administração da Rede Gazeta.

Piscina desaba: uma piscina desabou em cima da garagem de um condomínio em Itaparica, em Vila Velha no dia 22. Nenhum morador ficou ferido. O prédio precisou ser evacuado e parte da orla do bairro foi interditada durante os trabalhos da Defesa Civil. O desabamento aconteceu no edifício Parador, onde moram cerca de 270 pessoas. O incidente foi registrado em vídeos.

Pior momento da pandemia: abril foi o pior período da pandemia da Covid-19 no Espírito Santo. Nos 15 primeiros dias de abril, o ES registrou mais mortes do que nascimentos. Os enterros diários triplicaram e sobrecarregaram funerárias. Pessoas muito conhecidas dos capixabas morreram por conta da doença neste período: Gilson Amaro, ex-prefeito de Santa Teresa; o frei Luiz Flávio, do Convento da Penha; e Gildo Gomes, ex-vereador da Serra e sindicalista.

Morte de jovem em acidente comove o ES: a jovem Amanda Marques, de 20 anos, morreu em um acidente de moto na Avenida Darly Santos, em Vila Velha, no dia 17. O motorista Wagner Nunes de Paulo está preso desde o dia da batida e é réu por homicídio. Ele estava embriagado e dirigia a 135 km/h, segundo o laudo da Polícia Civil.

Mais chuva e destruição: abril foi mais um mês de chuva forte no ES. As tempestades ocorridas no dia 1ª provocaram a queda de árvores e o destelhamento de casas. Em alguns lugares choveu granizo e também faltou energia. Em Cariacica, a estrutura metálica que funcionava como cobertura de uma empresa desabou, deixando pedaços de aço retorcidos pelo chão. As estruturas de outras duas empresas do local, além da fiação de postes de iluminação e semáforos, também foram danificados. Em um só dia, o estado teve quase 60 mil raios. O temporal também fez a caixa d’água de um prédio voar em Vitória.

Morre Camilo Cola: o empresário Camilo Cola, ex-deputado federal, morreu no dia 29, em Cachoeiro de Itapemirim. Ele tinha 97 anos e morreu de causas naturais. Camilo fundou a Viação Itapemirim, vendida para outro grupo empresarial em 2017 após mais de 60 anos sendo administrada pela família Cola.

Morte após descarga elétrica: Uma idosa de 65 anos morreu depois de ser atingida por um fio de alta tensão que caiu de um poste, na Ponta da Fruta, em Vila Velha, no dia 26. A vítima, Nair Magioni, teria saído de casa para ir ao mercado e parou na horta comunitária do bairro. O acidente aconteceu no momento em que ela recebia hortaliças de um morador.

Vereador assassinado: o vereador Marcos Augusto Costalonga, de 49 anos, conhecido como Marquinhos da Cooperativa (PL), foi assassinado a tiros no dia 27, na zona rural de Presidente Kennedy. Segundo o boletim de ocorrência, Marquinhos estava de carro com a mulher e um amigo quando o veículo foi baleado. Os tiros partiram de um carro com quatro pessoas encapuzadas, segundo relato do amigo do vereador à Polícia Militar. Dois suspeitos foram presos.

Bicicletas e patinetes submersos: durante treinamento de mergulho em um lago de Vitória, uma equipe do Corpo de Bombeiros teve uma surpresa no dia 13. Eles encontraram bicicletas e patinetes que eram alugados por aplicativo na cidade. Os bombeiros acreditam que os equipamentos foram alvo de vandalismo, furto ou roubo. Foram encontrados dois patinetes e quatro bicicletas.

Morte no Morro do Moreno: o engenheiro João Paulo Sampaio dos Reis, de 47 anos, morreu em um acidente na tirolesa do Morro do Moreno, em Vila Velha. Ele era casado, pai de dois filhos, uma menina e um menino.

Bolsonaro no ES: Jair Bolsonaro (PL) fez, no dia 11, a primeira visita ao Espírito Santo desde que assumiu o mandato como presidente, em janeiro de 2019. O estado é o único que ainda não havia sido visitado pelo presidente. Ele tirou a máscara no aeroporto, o que não é permitido no estado por conta da pandemia da Covid-19. O presidente também ouviu críticas e elogios ao entrar em um avião para cumprimentar passageiros. Depois, Bolsonaro seguiu para São Mateus, onde participou de uma cerimônia de entrega de casas populares.

Sem idade para aprender: aos 102 anos, a sala de aula voltou a fazer parte da rotina de Pedro Francisco de Souza. O baiano veio para o Espírito Santo viver com o filho durante a pandemia do novo coronavírus e voltou a estudar no último mês. Pedro veio morar com o filho André, de 46 anos. O filho é estudante do Ensino de Jovens e Adultos (EJA) na rede municipal de Vitória e, com o retorno das aulas presenciais no último mês, o idoso decidiu que era o momento de voltar a estudar.

Cena envolvendo cães comove na BR-101: uma cena comoveu motoristas e policiais rodoviários federais que passavam pela BR-101 no dia 4, em Guarapari. Uma cadela estava parada no meio da pista protegendo o corpo de um cachorro que morreu atropelado no local. No vídeo registrado pela equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) é possível ver a cadela rondando o corpo do animal morto e protegendo o cachorro.

Tragédia em família: um pedreiro de 42 anos assassinou a esposa e os três filhos no dia 15, em São Domingos do Norte. Após o crime, ele cometeu suicídio. Segundo a Polícia Militar, ele usou uma marreta para matar a família.

Viana Vacinada: cerca de 20 mil moradores de Viana com idades entre 18 e 49 anos participaram do estudo “Viana Vacinada”. A primeira meia dose da vacina da AstraZeneca contra Covid-19 foi aplicada nos voluntários em junho e a segunda dose foi aplicada oito semanas depois, em agosto. Viana foi a primeira cidade a atingir 100% de adultos vacinados com ao menos uma dose de imunizantes contra a Covid-19 no Espírito Santo. Em dezembro, o estudo mostrou que o imunizante induziu anticorpos contra o coronavírus em 99,8% dos participantes.

Suspeita de venda de sentença: os juízes Alexandre Farina e Carlos Alexandre Gutmann são suspeitos de venda de sentença e foram afastados dos cargos em julho. Depois disso, os magistrados foram presos duas vezes: entre julho e agosto e entre setembro e dezembro. Ambos negam irregularidades e foram soltos.

Milionário em Colatina: uma única aposta de Colatina levou o prêmio de R$ 76 milhões do concurso 2.391 da Mega-Sena, sorteado no dia 17. O prêmio foi retirado em agosto.

Ratos na Rua da Lama: pedestres que passavam por uma calçada em uma esquina com a Rua da Lama, no bairro Jardim da Penha, em Vitória, precisaram dividir espaço com uma infestação de ratos. As imagens feitas pelo universitário Ariel Leão Gracelli, de 28 anos, no dia 13, mostram um grande número de ratos passando pela calçada e caminhando do lixo em direção a um imóvel, que está cercado por tapumes.

Baleias encantam no litoral do ES: a passagem das baleias jubarte, que saem das águas geladas da Antártida, onde se alimentam, em busca das águas quentes de Abrolhos, no Sul da Bahia, para se reproduzirem, atrai, todos os anos, pesquisadores e turistas para o mar do Espírito Santo. A passagem delas pelo litoral capixaba, entre os meses de junho e novembro, tem um forte potencial turístico.

Morte após consumo de solvente: a Polícia Civil concluiu o inquérito que investigava a morte de um casal que morreu depois de ingerir um suposto óleo de semente de abóbora comprado pela internet. O resultado da perícia do material foi divulgado no dia 6 e apontou que o produto continha solvente. A substância é a mesma encontrada em garrafas da cerveja Belorizontina, da Backer, no início de 2020, e que matou 10 pessoas.

Julgamento do caso Milena: a Justiça condenou, no dia 30, os acusados da morte de Milena Gottardi, após oito dias de julgamento. O ex-marido da médica, Hilário Frasson, o ex-sogro dela, Esperidião, e outros quatro acusados foram condenados. Hilário foi condenado a 30 anos de reclusão por homicídio qualificado, feminicídio e fraude processual. A médica Milena Gottardi foi baleada na cabeça no dia 14 de setembro de 2017, quando saía do hospital em que trabalhava, em Vitória, aos 38 anos. Ela morreu um dia depois, no hospital.

Buda gigante: a estátua do Buda gigante do Mosteiro Zen Budista de Ibiraçu foi inaugurada no dia 28. A visitação pode ser feita em qualquer horário do dia e é gratuita. A estrutura feita de ferro, aço e concreto pesa 350 toneladas e mede 35 metros de altura. Essa é a segunda maior estátua de Buda do mundo, ficando atrás apenas do Buda de Leshan, na China, que é considerado patrimônio histórico pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Jovem mata pais: o médico urologista Paulo Oliveira Cesar, de 68 anos, e a esposa Raquel Heringer Cesar, de 61, foram mortos a facadas dentro de casa, em Vila Velha, no dia 4. Segundo a Polícia Civil, os assassinatos foram cometidos pelo filho do casal, o estudante de Medicina Guilherme Heringer Cesar, de 22 anos, que se matou em seguida. Segundo familiares, Guilherme estava em tratamento psiquiátrico. No apartamento da família, foram encontrados diversos símbolos como números, cruzes invertidas e frases de cunho religioso pintadas pelas paredes e portas.

Assassinado de ex-governador é condenado: o assassino confesso do ex-governador do Espírito Santo Gerson Camata, Marcos Venicio Andrade, foi condenado a 28 anos de prisão e a pagar R$ 200 mil para a família da vítima. A decisão foi tomada no dia 4. O crime aconteceu em 2018.

Ginecologista suspeito de abusos sexuais: o médico ginecologista Gedison Luis Gonçalves, suspeito de abusar sexualmente de pacientes em São Mateus, foi indiciado pela Polícia Civil. A conclusão do inquérito foi apresentada no dia 13. Após a prisão do médico no dia 6 de agosto – quando três mulheres que não se conheciam relataram ter sofrido abusos do médico durante consultas – mais 12 vítimas procuraram a polícia e fizeram depoimentos semelhantes. A defesa do médico nega os abusos.

Prefeito preso: o prefeito de São Mateus, Daniel Santana (sem partido), conhecido como Daniel da Açaí, foi preso no dia 28 durante uma operação realizada pela Polícia Federal. Segundo a PF, foram obtidas provas que indicam que o prefeito organizou um modelo criminoso estruturado dentro da administração municipal para cometer vários crimes, como o direcionamento fraudulento de licitações. Os policiais apreenderam R$ 437.135 em espécie na casa do prefeito. Mais R$ 299.910 mil foram encontrados em uma empresa de Daniel e R$ 56.250,00 estavam na casa de uma servidora pública. Daniel foi solto em outubro e voltou ao cargo de prefeito em dezembro. Ele nega as acusações.

Cavalo arrastando bike: um cavalo que fugiu arrastando uma bicicleta causou um acidente no dia 13, em Vila Velha. Um vídeo registrou o momento em que o animal aparece correndo na pista e arrastando uma bicicleta. Ao virar uma esquina, a bicicleta puxada pelo cavalo atingiu um motociclista. A bicicleta que o cavalo arrastou era de uma estação de bikes compartilhadas que fica em frente a um shopping da cidade e estava com um jovem de 20 anos que trabalha no shopping. Ele estava indo para casa, no bairro Glória, quando foi atingido em cheio pelo cavalo.

Cachorros picados por abelhas: dois cachorros morreram depois de serem atacados por abelhas na Praia do Morro, em Guarapari, no dia 22. O ataque foi registrado pela câmera de videomonitoramento da casa. As imagens mostram o momento em que os animais começaram a ser picados pelas abelhas e tentaram fugir dos insetos.

Olho colado após confusão: uma mulher de 55 anos teve um dos olhos colado após confundir cola com colírio em Cachoeiro de Itapemirim, no dia 21. A mulher tem glaucoma e está fazendo um tratamento com oftalmologista. Tanto o colírio que ela usa no tratamento quanto a cola estavam guardados na geladeira. Ela e o namorado estavam sem óculos na hora da aplicação do colírio e ele acabou pingando a cola no olho dela.

Atos de 7 de setembro: o feriado de 7 de setembro foi marcado por atos a favor e contra o presidente Jair Bolsonaro. A Terceira Ponte, que liga as cidades de Vitória e Vila Velha, foi interditada para a passagem dos manifestantes a favor do presidente. Do mesmo modo, a Avenida Nossa Senhora dos Navegantes, em Vitória, também precisou ser fechada. Mais cedo, manifestantes protestaram contra Bolsonaro em Vitória, durante a 27ª edição do Grito dos Excluídos. O grupo saiu da Praça Getúlio Vargas, no Centro da capital capixaba, e caminhou pela Avenida Beira-Mar.

Morte após mentira: um homem foi espancado até a morte na Serra após uma mulher mentir que ele é estuprador. O crime aconteceu em junho, mas a mulher e a mãe dela foram presas em setembro. Segundo a polícia, briga entre a vítima e a suspeita começou por conta de um desentendimento após um programa. O inquérito foi finalizado e as informações foram divulgadas pela polícia em outubro.

Chacina em churrasco: uma chacina deixou seis mortos durante um churrasco no bairro Darly Santos, em Vila Velha. Cinco pessoas morreram no dia do crime, em 16 de outubro. A sexta vítima morreu no hospital, cinco dias depois. Um suspeito foi preso, confessou o crime e disse que a chacina foi motivada por uma briga envolvendo um terreno.

AVC durante culto: um pastor de 48 anos morreu no dia 20, três dias depois de sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) durante culto em Cachoeiro de Itapemirim. O pastor Geter da Silva estava cantando “não deixe um soldado ferido morrer” quando passou mal, caiu e foi socorrido por outras pessoas que estavam no local. O momento foi registrado por fiéis que acompanhavam o culto.

Temporal tem até ‘surf’ em alagamento: a chuva forte que atingiu o Espírito Santo em meados de outubro deixou muitos desabrigados e desalojados. Só em Viana, que decretou situação de emergência, 400 pessoas precisaram sair de suas casas. Um homem “surfou” em uma avenida alagada de Vila Velha após o temporal que atingiu a cidade. O morador do bairro Cobilândia, um dos mais castigados pelos alagamentos, pegou uma prancha e “surfou” na Avenida João Francisco Gonçalves.

Crianças assassinadas: duas crianças foram mortas a tiros no dia 16, em Conceição da Barra. As vítimas são Kamile Santos Oliveira, de oito anos, e o irmão dela, Keyrison Santos Oliveira, de 10. De acordo com o depoimento da mãe das crianças à Polícia Militar, ela e o marido dormiam no quarto da casa quando dois criminosos arrombaram a porta, invadiram o imóvel, atiraram contra as crianças que dormiam na sala e fugiram em seguida. Quatro adolescentes foram apreendidos suspeitos do crime.

Postes na estrada: a inauguração da reforma de uma estrada em Presidente Kennedy, chamou a atenção e gerou revolta nos motoristas que passam pela via. A prefeitura reformou a estrada e deixou os postes de energia no meio da pista. Os postes foram retirados após a polêmica.

Pai mata filho: um homem de 28 anos morreu após ser esfaqueado pelo próprio pai no dia 20, na Serra. Em depoimento, a esposa do homem assassinado contou que ele e o pai estavam bebendo juntos quando os dois discutiram. Nesse momento, o pai golpeou o filho com uma faca. O pai disse que sua intenção nunca foi matar o filho e que só queria defender a nora.

Ataque a senador e família: a Polícia Federal investigou uma postagem feita nas redes sociais com mensagens agressivas e que expõem a imagem do filho do senador Fabiano Contarato (PT). Contarato registrou um boletim de ocorrência na Superintendência da PF no dia 15 após tomar conhecimento da publicação, na qual ele e o filho Gabriel, de sete anos, aparecem. A imagem foi feita na manhã do mesmo dia, quando o parlamentar levou a criança à praia, em Itapoã, Vila Velha. O autor do post disse estar arrependido. Ele foi indiciado pela pela PF.

Arremessado de poste: câmeras de videomonitoramento registraram o momento que um homem, que trabalhava no alto de um poste, caiu da escada na qual estava apoiado e foi arrastado em direção ao asfalto. O acidente aconteceu no dia 10, em Santa Maria de Jetibá, após uma carreta passar pela rua, partindo a fiação. Nas imagens é possível ver a carreta passando. Em seguida, o trabalhador foi arremessado em direção ao asfalto junto com a escada e um fio. Devido ao impacto no chão, o capacete de proteção usado pelo homem chegou a sair da cabeça dele no momento da queda. O homem ficou internado e já teve alta.

Nota de R$ 420: uma cédula de R$ 420, com desenho do bicho-preguiça e maconha, foi apreendida com um adolescente durante uma abordagem da Polícia Militar em Nova Venécia, no dia 23. O adolescente foi encaminhado à Polícia Civil. O delegado Willian Dobrovosk disse que, no caso da cédula, não há crime. Como a nota não existe, ela não se caracteriza como falsificação.

Epidemia de gripe: A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) do Espírito Santo já trata como epidemia a situação da gripe no estado. A secretaria informou que há aumento do número de casos de influenza relatados nas cidades capixabas, além de maior procura por unidades de pronto atendimento e unidades básicas de saúde por parte da população.

Pânico na Terceira Ponte: uma mulher que estava em um ônibus da linha 500, passando pela Terceira Ponte, teve um surto e tentou assumir a direção do veículo, no dia 28. Ela foi contida e a equipe de resgate da Rodosol, concessionária que administra a ponte, foi acionada, levando a mulher para atendimento. Não houve feridos e o veículo partiu com destino ao Terminal de Vila Velha.

Jovens morrem na volta de festa: dois jovens morreram em um acidente, no dia 17, após o carro em que eles estavam bater em um poste na Avenida Fernando Ferrari, em Vitória. As vítimas foram identificadas como Diego Ferreira do Nascimento, de 26 anos, e Layla Costa, de 19. Diego estava dirigindo o veículo e Laila estava ao lado dele. Outras quatro pessoas que estavam no carro ficaram feridas. Os feridos são três homens e uma mulher e todos estavam no banco traseiro. O carro ficou destruído. Os jovens voltavam de uma festa e nenhum deles usava cinto de segurança, segundo o Corpo de Bombeiros.

Baile de Natal com maconha: vídeos que circulam nas redes sociais mostram um baile clandestino realizado na noite de Natal, no meio da rua, no Morro São Benedito, em Vitória. A festa sem autorização começou na noite do dia 24 e durou até a manhã de 25. O convite para a festa falava em “maconha liberada”.

Xodó de 120 kg: uma “mini porca”, que de “mini” não tem nada, virou uma gigante de 120 quilos que está fazendo sucesso na internet. A porca Lili é a fiel escudeira da agricultora Lara Pravato, de Cachoeiro de Itapemirim. Lara contou que ganhou o animal como bicho de estimação e não esperava que ela crescesse tanto. A agricultora afirmou que quem vendeu a porquinha, mandou um áudio garantindo que o animal não iria crescer.

 

Leia também

Caminhoneiros anunciam paralisação em protesto contra reajuste do diesel

Caminhoneiros autônomos do Espírito Santo devem iniciar uma paralisação a partir das 0h01 desta quarta-feira (11), em protesto...

Conselho promove reunião sobre a Semana do Meio Ambiente e Educação Ambiental

  Membros do COMDEMA (Conselho Municipal do Meio Ambiente), se reuniram na manhã desta terça-feira (10), para discutir investimentos...

Saiba como evitar acidentes graves com uso de panela de pressão

Para muita gente que cozinha ou que quer cozinhar, a panela de pressão é um dos utensílios mais...

Exposição mostra olhar de embaixadores sobre Brasília

A exposição Viver Brasília: Uma Perspectiva Internacional, que está em cartaz no Museu de Arte de Brasília (MAB),...

Palestra sobre Arqueologia e Patrimônio Cultural para estudantes de Barra de São Francisco

A Arquideolica Eliany da Salvia, realizou atividades de educação patrimonial no último dia 10/05, com os alunos da...

Semana está sendo de avaliação dos alunos de 2º ao 5º ano da rede municipal de ensino

Desde o início desta semana, as escolas da rede municipal de ensino estão realizando provas para avaliação dos...

Conheça ‘Garibolt’, o coletor e atleta que é ágil no trabalho e nas pistas de corrida

Salta do caminhão, recolhe sacos de lixo, corre atrás do caminhão, sobe nele mais uma vez e segue...