Retomados procedimentos operacionais do Bolsa Família

Retomados procedimentos operacionais do Bolsa Família

Com a vigência da extensão do Auxílio Emergencial, qualquer alteração cadastral não alterava o benefício recebido Foto: Ministério da Cidadania

Suspensas desde março em função da Covid-19, as ações de administração de benefícios do programa Bolsa Família pelos municípios e as alterações cadastrais de famílias beneficiárias para a gestão da folha de pagamento serão retomadas. A decisão do Ministério da Cidadania, por meio da Instrução Normativa nº 01/2020, leva em consideração o encerramento do pagamento da extensão do Auxílio Emergencial neste mês.

“Tendo em vista a finalização da extensão do Auxílio Emergencial até 31 de dezembro, é necessário retomarmos os procedimentos operacionais do Bolsa Família”, destaca a secretária nacional de Renda de Cidadania, Fabiana Rodopoulos. “A Instrução Normativa é para retomar o programa a pleno vapor, com gestão de benefícios e atualização cadastral, para a folha de pagamento de janeiro”, completa.

Para proteger os beneficiários do Bolsa Família e os trabalhadores que atuam nas unidades de cadastramento, o Governo Federal havia suspendido os processos de gestão e operação do programa e do Cadastro Único, evitando, assim, a aglomeração de pessoas nos Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

Com a vigência da extensão do Auxílio Emergencial, qualquer alteração cadastral dos beneficiários do Bolsa Família não alterava o benefício recebido. Agora, os ajustes declarados no Cadastro Único voltarão a ter reflexo já para a folha de pagamento de janeiro de 2021.

Leia mais

Leia também