Reino Unido garante 60 milhões de vacinas da Pfizer para aplicar terceira dose como reforço contra a Covid-19


– O governo do Reino Unido fez um acordo de compra de 60 milhões de doses extras da vacina produzida pela Pfizer e pela BioNTech para reforçar a proteção contra a Covid-19 nas pessoas mais vulneráveis, de maior risco, antes da chegada do inverno ao país. Mais de um em cada quatro adultos já foi totalmente vacinado contra a Covid-19 no Reino Unido.

Cientistas do Comitê Conjunto de Vacinação e Imunização estão decidindo quais grupos de pessoas devem receber a dose de reforço ainda este ano, depois de terem recebido as duas primeiras injeções. A informação foi publicada no jornal O Globo

Em comunicado, o secretário de Saúde Matt Hancock destacou que “o maior risco para esse progresso é o risco representado por uma nova variante”. “Estamos trabalhando em nossos planos de doses de reforço, que são a melhor maneira de nos manter seguros e livres enquanto controlamos esta doença em todo o mundo”, acrescentou.

O número total de doses da Pfizer/BioNTech garantidas pelo Reino Unido chegou a 100 milhões. Autoridades também compraram 100 milhões de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca e 17 milhões de doses da Moderna, que estão sendo aplicadas no país.

De acordo com a plataforma Worldometers, que disponibiliza números globais  sobre a pandemia, o Reino Unido tem 4,4 milhões de infectados, a sétima maior quantidade entre as nações. A região tem 127 mil mortes provocadas pela Covid-19. 

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

Reino Unido decidirá quais grupos receberão um reforço na vacina

Reino Unido decidirá quais grupos receberão um reforço na vacina (Foto: Reuters)

Leia mais

Leia também