Reforma de espaço para a Casa-Lar garante mais conforto e dignidade aos idosos de Barra de São Francisco

A Prefeitura de Barra de São Francisco, em uma ação conjunta com as secretarias municipais, realizou uma reforma geral no antigo espaço da Alegria, que funcionava no bairro Nova Barra (Vaquejada). O local passou por mudanças para abrigar o projeto Casa Lar, que está vinculada à Secretaria Municipal de Assistência Social e funcionará como Serviço de Acolhimento Institucional para pessoas com 60 anos ou mais.

Agora, o projeto social contará com um espaço mais confortável, garantindo mais qualidade de vida para os idosos e melhores condições de trabalho para os colaboradores. As melhorias foram realizadas com recursos próprios do município.

O prefeito Enivaldo dos Anjos ressaltou que é uma grande honra para a gestão entregar ao município, um espaço mais acolhedor, organizado e adequado para uma estadia confortável aos idosos. “Conseguimos reformar o local e entregar uma estrutura de qualidade a população. Nossos idosos merecem, pois lutaram muito e hoje necessitam da ajuda do município e do nosso povo”, disse.

O projeto Casa-Lar é fruto de uma iniciativa da administração municipal, que encaminhou o projeto de lei, sendo aprovado pela Câmara Municipal, prevendo criação de Casas-Lares I e II para atender aos idosos de Barra de São Francisco. Também, já está sendo elaborado, por solicitação do prefeito Enivaldo dos Anjos, a minuta do projeto de lei para a criação do Fundo do Idoso, alterações na lei do Conselho Municipal do Idoso, entre outras leis que visam garantir mais direitos para a terceira idade do município.

Um dos projetos de lei que serão apresentados, se for aprovado, possibilitará ao cidadão que, na hora de declarar o imposto de renda, poderá destinar esses valores para o Fundo Municipal do Idoso.

O Conselho Municipal do Idoso será responsável por fiscalizar as Casas-Lares.

Como funciona a Casa Lar?

É um local constituído por uma equipe de profissionais destinada a cuidar de idosos que estão sós ou afastados do convívio familiar e com renda insuficiente para sua sobrevivência. Trata-se de alternativa de atendimento que proporciona uma melhor convivência do idoso com a comunidade, contribuindo para sua maior participação, interação e autonomia. Inicialmente, a Casa-Lar irá abrigar 10 idosos.