Reconstrução da passarela do bairro Vila Landinha em Barra de São Francisco será entregue nos próximos dias

Compartilhe

Falta poucos detalhes para que a reconstrução da passarela sobre a ponte do bairro Vila Landinha, e por onde passa o Rio Itaúnas, que havia sido interditada no ano passado seja concluída e liberada para pedestres.

De acordo com a secretária de Obras da prefeitura de Barra de São Francisco, Mariane Cavalcante, a passarela está concluída, mas a mesma terá um desvio aos arredores de uma árvore no local, onde será feito um canteiro para que os pedestres possam se desviar da árvore e pegar a passarela para atravessar de um lado a outro. Antes de ser liberada a passarela receberá uma nova pintura.

A obra havia sido paralisada pelo motivo de o material utilizado não ter no mercado do município e devido a burocracia do setor público e por lei ter que comprar através de licitação, mas a compra foi providenciada e os trabalhos estão sendo concluídos.

A interdição na ocasião foi feita por determinação do prefeito Enivaldo dos Anjos, que ao tomar conhecimento do problema mandou interdita-la imediatamente. A passarela estava com o piso deteriorado devido a ação do tempo. O piso era de metalon e foi construída na lateral da ponte a cerca de 20 anos atrás, e nesse período todo nunca passou por vistorias.

O prefeito Enivaldo dos Anjos, preocupado com a situação e percebendo que a passarela podia trazer risco a vida das pessoas, determinou que a secretaria de Obras fizesse a imediata interdição.

Inicialmente foi feito um estudo para reconstruí-la. “A população precisa ter segurança e tranquilidade em se deslocar de suas casas para outras localidades e até para o trabalho”, disse o prefeito Enivaldo dos Anjos.

Nota da Secretaria de Obras

Para fazer a manutenção das passarelas a estrutura metálica foi reforçada, com a troca e reparo de todas as cantoneiras que estavam comprometidas com algum tipo de corrosão. O corrimão foi ajustado a altura exigida pelas normas técnicas, com a instalação de perfis na sua base em toda a extensão da passarela.

Os pisos, em chapa metálica, que já se encontravam comprometidos em vários pontos, elas foram trocadas por novas peças. Todo o serviço foi realizado com mão de obra própria. Nos próximos dias a passarela será entregue aos usuários.

 

Leia também

Coluna – Mundial confirma potencial plural da natação paralímpica

Encerrado no último sábado (18), o Campeonato Mundial de natação paralímpica, em Funchal (Portugal), foi o primeiro grande...

Temporada de baleias: saiba como fazer turismo de observação

A migração das baleias-jubarte pelo litoral do Espírito Santo já começou. Por causa da caça predatória, as jubarte já...

MARANHÃO: Equipes de Atenção Básica realizaram 18,6 mil consultas de pré-natal com seis ou mais atendimentos por gestante em 2021

Para prevenir e detectar precocemente doenças em gestantes e bebês, o Ministério da Saúde recomenda que as mulheres...

Bolsonaro sanciona texto que obriga cartório a oferecer serviço online unificado

MARIANNA HOLANDA BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou, com vetos, nesta terça-feira (28) o...

ES: motorista de 90 anos fica ferida após atravessar rotatória e capotar com o carro

Uma motorista de 90 anos e o carona do carro conduzido por ela ficaram feridos em um acidente...

Vital 2022 abre venda dos ingressos na terça-feira

Depois de 16 anos de espera, o Vital se prepara para voltar a arrastar os foliões em Vitória....