Reafirmando política imperialista, Biden apoia “legítimo direito de Israel de se defender”


O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, manifestou “apoio ao legítimo direito de Israel de se defender” e “condena” os ataques com foguetes lançados pelo movimento islâmico Hamas contra várias cidades israelenses, informou a Casa Branca nesta terça-feira (11).

O posicionamento foi anunciado pela porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki em sua entrevista coletiva diária, diante dos graves acontecimentos em Israel e na Palestina. 

“O apoio do presidente (Biden) à segurança de Israel, a seu legítimo direito de se defender, é fundamental e não cederá”, disse Psaki, segundo o UOL.

Joe Biden discursa no Congresso dos EUA

Joe Biden discursa no Congresso dos EUA (Foto: Reuters)

Leia mais

Leia também