Rastreamento da origem do novo coronavírus deve ser despolitizado, afirma diretor executivo da OMS


Rádio Internacional da China – O diretor executivo do programa de emergências de saúde da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan, afirmou no dia 30 de julho que o rastreamento da origem do novo coronavírus deve ser despolitizado.

Na coletiva de imprensa da OMS, Michael Ryan disse que os países membros estão se comunicando ativamente, estudando como promover os próximos trabalhos com base no relatório de rastreamento da primeira fase.

De acordo com o diretor, os chineses já realizaram pesquisas sobre várias questões apresentadas no relatório da primeira fase e a OMS aguarda novos resultados dos colegas chineses. Ele também disse que espera que esse trabalho seja promovido em outros lugares do mundo.

Ryan enfatizou que não politizar a investigação sobre a origem do vírus é um consenso de todos os membros.

Michael Ryan, diretor executivo da OMS

Michael Ryan, diretor executivo da OMS (Foto: Divulgação (OMS))