Rádios e associações apoiam campanha da SEDH contra a violência à mulher

Compartilhe

Contatos para que mulheres possam denunciar casos de violência doméstica.

A campanha da Secretaria de Direitos Humanos contra a violência doméstica, por meio da Subsecretaria de Políticas para Mulheres, ganhou espaço nas rádios Antena 1 e Praia da Costa. Entendendo a seriedade do tema e a possibilidade de aumento dos casos de agressões às mulheres durante o período de distanciamento social – recomendado para o combate à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) –, esses veículos de comunicação divulgaram mensagens aos ouvintes explicando sobre como fazer denúncias, instruídos pela SEDH.

Nas rádios, a seguinte mensagem foi veiculada:

“Diante do isolamento social imposto pela pandemia, a vulnerabilidade das mulheres pode aumentar considerando a proximidade com seus agressores. Se você foi ou é vítima de violência doméstica, ou conhece alguém que esteja nessa situação, denuncie ligando 180 para a Central de Atendimento à mulher, 181 para o Disque-denúncia, e em caso de emergência ligue 190 para a Polícia Militar. A Secretaria de Estado de Direitos Humanos, por meio da Subsecretaria de Políticas para Mulheres, vem disponibilizando, através de sua página na internet, informações relacionadas aos canais de atendimento às mulheres em situação de violência. Basta acessar www.sedh.es.gov.br. Não se cale! Mulheres, vocês são estão sozinhas.”

A mensagem se refere à campanha preparada pela Subsecretaria de Políticas para Mulheres, que conta com contatos telefônicos para denúncias em caso de violência doméstica e orientações. A SEDH entende que, neste momento de pandemia, muitas mulheres podem estar confinadas com seus agressores e não saberem que existem canais de denúncia sem a necessidade de sair de casa.

Há também um texto no site da SEDH com vários números de telefones, que é atualizado constantemente, e que orienta também para os casos de denúncias on-line.

Esse texto foi compartilhado nas páginas da Associação Capixaba de Supermercados (Acaps) e Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes), para orientação às associadas e funcionárias.

A subsecretária de Políticas para Mulheres, Juliane Barroso, explicou que o foco é atingir as mulheres com informações, sejam elas trabalhadoras ou usuárias dos serviços. “Dentro da perspectiva de que quanto mais mulheres informadas, maior a possibilidade de prevenção e proteção, o apoio de associações, sindicatos e rádios se configuram como parcerias estratégicas neste momento”, avaliou Juliane Barroso.

Para a secretária de Direitos Humanos, Nara Borgo, o interesse das rádios e associações em divulgarem a campanha só reforça a relevância do tema para a sociedade. “É com muita satisfação que a gente recebe o apoio de sindicatos, de rádios, de associações, no sentido de divulgar essa campanha que é extremamente importante para o enfrentamento à violência contra a mulher. Quanto mais a gente expande a campanha, mais as mulheres podem se sentir seguras e confiantes para denunciarem situações de violência”, afirmou a secretária Nara Borgo.

Leia também

Ruas sendo preparadas para calçamentos em Vila Paulista

Funcionários, maquinas e servidores da prefeitura de Barra de São Francisco, realizam limpeza em ruas do bairro Vila...

Passador de gado é construído no Córrego Miracema

Funcionários da Secretaria de Transportes e Estradas da prefeitura de Barra de São Francisco, construíram no último sábado...

Vereador se pronuncia contrário à implantação de Comissão de Diversidade Sexual e Identidade de Gênero

  O vereador Roan Roger (MDB) se pronunciou na Sessão Ordinária desta última terça-feira, dia 06, a respeito da...

Confira as fotos da inauguração da clínica de hemodiálise em Barra de São Francisco

A inauguração da clínica de hemodiálise (Med.Álise), na manhã deste sábado (02), em Barra de São Francisco, com...

Moto é encontrada queimada em Mantenópolis

Uma moto foi encontrada queimada na manhã desta quinta-feira, 30 de junho de 2022, em Mantenópolis. De acordo com informações...

Brasil registra tendência de aumento do número de casos de Síndrome Respiratória Aguda

Dados mais recentes do Boletim InfoGripe, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), revelam que o Brasil conta com uma...

Brasil tem primeira alta mensal de mortes por Covid desde fevereiro

O Brasil registrou, em junho de 2022, 4.739 mortes pela Covid-19, em uma alta de 49,2% em relação...

Café produzido no Estivado vence 1º Concurso de Café Conilon de Jaguaré

O ganhador do 1º Concurso de Café Conilon de Jaguaré foi conhecido no último sábado (03), durante o...