‘Queriam ficar com a casa, o carro e valores que ele tivesse’, diz delegado sobre filho e namorada presos por matarem ciclista

Compartilhe

 

A Polícia Civil de Cachoeiro de Itapemirim, na Região Sul do Espírito Santo, informou nesta quarta-feira (6) que o assassinato do ciclista Doramir Monteiro Silva, de 54 anos, morto a facadas pelo filho dele, João Vitor Silva Brito, de 24 anos e a namorada dele, Beatriz Gazone de Azevedo, de 20 anos, foi premeditado porque o casal queria os bens da vítima. A reportagem é de Thomaz Albano, do g1 ES e TV Gazeta.

O corpo de Doramir foi encontrado na noite de segunda, na localidade de Estrela do Norte, em Castelo. Ele era muito conhecido na região de Cachoeiro de Itapemirim por conta da atividade esportiva. Doramir estava desaparecido desde o final de junho.

João Vitor e Beatriz foram presos e confessaram ter matado a vítima a facadas e ainda incendiado o corpo dela, mas alegaram que o crime foi motivado por ciúmes porque a jovem teria sido assediada pela vítima, hipótese descartada pela polícia, de acordo com o delegado Filipe Rivas.

Ciclista Doramir Monteiro Silva, de 56 anos, estava desaparecido desde o final de junho

Ciclista Doramir Monteiro Silva, de 56 anos, estava desaparecido desde o final de junho

“Não tinha nada de conotação sexual, a conotação era, como a gente já desconfiava, era patrimonial. Queriam ficar com a casa, queriam ficar com o carro do seu Doramir, na posse dos valores que ele tivesse, inclusive, foi apreendido R$ 20 mil na residência, disse o delegado Filipe Rivas, responsável pela investigação.

O delegado disse ainda que antes de ser morto, Duramir foi dopado pelo casal.

“Preparam, toda aquela situação. Armaram de como eles iam dar fim na vida do seu Doramir. Colocaram a medicação tanto no suco como na refeição da vítima. Nisso que ele está jantando, possivelmente em razão do efeito do remédio, ele passa a desfalecer e vem caindo perto dela e passa a mão nas costas dela caindo. Nisso ela pega a faca e desfere a primeira facada na barriga dele, isso ela narrando. Na sequência o filho vem, pega outra faca e começa a desferir golpes contra o pai”, detalhou o delegado.

Depois de morto, o casal colocou o corpo do ciclista no porta-malas do carro dele. O cartão da vítima foi usado para abastecer o veículo. Um vídeo registrou o momento em que João Vitor comprou gasolina para incendiar o corpo do pai.

O corpo do ciclista foi levado para uma propriedade no interior de Castelo. Antes de enterrar, os dois colocaram fogo no corpo de Doramir.

De acordo com o delegado Felipe Rivas, o casal preparou um roteiro por escrito, para ser decorado e apresentado tanto à polícia como aos familiares com o objetivo de evitar que eles fossem identificados como autores do crime.

“Durante o cumprimento das buscas nós apreendemos um caderno e ele tem todo um roteiro do que eles iam dizer na delegacia ou se fossem questionados por qualquer pessoa. ‘Por onde vocês andaram de carro?’ , já tinha o que falar. ‘Que horas era?’, já tinha resposta pronta”, disse o delegado.

O delegado Felipe Rivas disse após a prisão de João Vitor que o crime chocou ainda mais pela frieza.

“São 15 anos de profissão e a frieza assusta. Mataram o seu Doramir a facadas, enrolaram em um lençol, enrolaram em um tapete, enrolaram em mais um edredom, colocaram no porta-malas, passaram em um posto de gasolina, compraram combustível com o cartão do seu Doramir, seguiram para essa propriedade rural, que é de familiar dessa menina, nesse local eles primeiro jogaram três litros de combustível em cima do corpo dele, atearam fogo, esperaram o fogo abaixar, atearam fogo novamente e, ao amanhecer, quando já estava com uma fumaça muito alta, eles apagaram o fogo e retornaram para Cachoeiro. Retornaram para Cachoeiro e ainda foram para a padaria para tomar café”, relatou o delegado.

João Vitor Silva Brito, de 24 anos, foi preso e confessou ter matado o pai a facadas e incendiado o corpo dele no ES

João Vitor Silva Brito, de 24 anos, foi preso e confessou ter matado o pai a facadas e incendiado o corpo dele no ES

João Vitor foi preso nesta segunda-feira (4), após confessar o crime. Ele disse aos policiais que o pai assediava a namorada dele e a morte foi motivada por ciúmes. Segundo João Vitor, a namorada ajudou no crime.

A jovem foi encontrada em um hotel no bairro BNH, em Cachoeiro de Itapemirim. Ela não resistiu à prisão, confessou o crime e disse que foi a primeira a esfaquear o sogro, após ser assediada por ele, segundo a polícia.

O casal estava junto há quatro meses. A investigação apontou que a jovem inventou que estava grávida para ajudar a convencer o namorado a matar o próprio pai. Ainda segundo o delegado, João Vitor ainda não sabe da falsa gravidez.

Os dois foram encaminhados ao sistema prisional e, até a última atualização deste texto, a reportagem não havia obtido contato com os presos ou as defesas deles.

As investigações continuam porque, segundo a Polícia Civil, na tarde desta quarta-feira uma arma, que teria sido comprada com o dinheiro do ciclista após a morte dele, foi encontrada na casa da mãe de outro filho dele, identificado como Mateus.

Leia também

ES: motorista morre após bater de frente com carreta na BR-101

  Carro de motorista que morreu em acidente na BR-101, em Sooretama, Norte do ES Um homem de 50 anos...

Homens representam 95% dos casos de varíola dos macacos no Brasil, diz Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde atualizou nesta segunda-feira (15) a situação epidemiológica da varíola dos macacos no Brasil. Ao...

IPCA de julho é indicativo de que inflação pode começar a recuar, apontam especialistas

A queda de 0,68% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) em julho, segundo o IBGE, indica...

INDICADORES: boi gordo fica mais caro nesta quarta-feira (17)

A cotação da arroba do boi gordo começou a quarta-feira (17) com alta de 0,22% e o produto...

Ipec: Casagrande tem 24%, Manato, 19%, e Capitão Vinícius Sousa, 18% de rejeição

  Renato Casagrande (PSB), Manato (PL) e Capitão Vinicius Sousa (PSTU) — Foto: Rede Gazeta Pesquisa do Ipec (ex-Ibope) divulgada...

Plataforma Recoloca Rio Doce tem vagas de emprego em Linhares e Baixo Guandu

  Interessados em participar de processos seletivos e conquistar uma vaga de trabalho em Linhares, Baixo Guandu e região...

Saiba como proceder em casos de vendaval

No Brasil, os desastres naturais meteorológicos, entre eles os vendavais, estão entre os mais frequentes e mais danosos....

Homem é morto com tiros na cabeça em Ecoporanga

Na noite de domingo, 14/08, por volta das 19:30h, mais um homicídio foi registrado pela Polícia de Ecoporanga....