Quem são elas? Seag lança campanha de valorização das mulheres rurais e da pesca

Nesta quinta-feira (15), a Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), em parceria com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), dá início a uma série de depoimentos das mulheres que fazem a diferença na agricultura do Espírito Santo.  A campanha “Quem são elas?” faz parte do Programa Elas no Campo e na Pesca que tem por objetivo principal promover a visibilidade, a valorização do trabalho feminino e a autonomia econômica e financeira das mulheres.

A campanha foi uma estratégia criada pela equipe responsável pelo projeto para enfrentar essa invisibilidade e debater o tema, mostrando e reforçando a importância e a relevância da atuação feminina no meio rural e na pesca. Ela vai mostrar histórias de vida, relatos e imagens de técnicas da área, agricultoras e pescadoras.

“As mulheres são responsáveis por mais de 50% da produção de alimentos do mundo, também têm um papel fundamental no desenvolvimento da agricultura familiar e da permanência das famílias no campo. Em 2019, atendemos 1.290 mulheres com 700 ações de assistência técnica realizada pelo Incaper e parceiros. Juntos estamos resgatando a autoestima dessas mulheres e mostrando aos capixabas a força e o trabalho grandioso que cada uma desempenha no Estado”, salientou o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto.

“O trabalho realizado pela mulher agricultora ou pescadora não é visto, e tão pouco reconhecido como um trabalho, às vezes, é considerado extensão dos seus afazeres domésticos, uma extensão do seu papel de mãe/esposa/dona de casa, provedora dos cuidados com a família, ou como um modo de ajuda ou complemento ao trabalho do marido”, explicou a coordenadora do projeto Elas no Campo e na Pesca, Patrícia Ferraz.

O Censo Agropecuário 2017 revelou que as mulheres são consideradas responsáveis por apenas 19% das propriedades no Brasil. No Espirito Santo, esse percentual cai para 14% das propriedades, sendo que elas representam 47% da população rural. “Isso ocorre, especialmente, devido ao reconhecimento do homem como “chefe da família”, tanto pela sociedade quanto pelas instituições, o que impacta na condição social da mulher. Esse não reconhecimento do trabalho feminino torna-o invisível para a economia formal”, ressaltou a coordenadora.

O diagnóstico elaborado no âmbito do projeto “Elas no campo e na pesca: Empreendedorismo, Liderança e autonomia”, ouviu mulheres rurais e da pesca e as profissionais da área do Estado (técnicas agrícolas, engenheiras agrônomas, economistas domésticos, zootecnistas, médicas veterinárias, administradoras etc).

“Identificamos que o problema que mais as incomoda é o fato de a sociedade e as instituições não reconhecerem e muitas vezes não enxergarem seu esforço e a importância do seu trabalho. Essa condição de desvalorização impacta diretamente na autoestima e no desejo das mesmas de continuarem exercendo suas atividades”, disse Patrícia Ferraz.

Acompanhe a campanha “Quem são Elas?” semanalmente, nas redes sociais da Seag e Incaper.

Texto: Vanessa Capucho e Patrícia Ferraz

Assessoria de Comunicação da Seag

Vanessa Capucho
(27) 3636-3700 / 3651
comunica.seag@gmail.com

 

Leia mais

Prefeitura de Mantenópolis entregará nesta quinta (09) a reforma da quadra poliesportiva de Santa Luzia

A Prefeitura de Mantenópolis estará entregando nesta quinta-feira, 09/07/2020, as 16h30min, a reforma da Quadra poliesportiva João Iporte da Silva, solicitação antiga e que vai beneficiar...

Vendas do comércio no Espírito Santo caíram quase 18% em abril, diz IBGE

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pior resultado foi no setor de tecido, vestuário e...

Estratégias de combate à Covid-19 são detalhadas por Pazuello em audiência pública no Senado

Nesta quinta-feira (13), o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, participou de uma audiência pública do Senado Federal para falar aos parlamentares sobre as...

Números de casos confirmados de coronavírus sobe para 26 no ES

A Secretaria da Saúde (Sesa), por meio do...

Leia também

MEC e FNDE promovem evento para esclarecer gestores sobre uso do recurso emergencial do PDDE

O Ministério da Educação (MEC) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) promoveram, nesta segunda-feira (26), um webinar para esclarecer a melhor...

Projeto de Lei suspende prazo para prestação de contas em iniciativas da educação básica

Um Projeto de Lei em tramitação na Câmara dos Deputados pretende suspender, durante o estado de calamidade pública por causa da Covid-19, a prestação...

Presidente do Congresso prorroga Casa Verde Amarela por mais 60 dias

O presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), prorrogou por mais 60 dias a medida provisória que cria o programa habitacional Casa Verde...

Prorrogado prazo de inscrição no Cadastro Único para beneficiários do BPC

O Governo Federal prorrogou, mais uma vez, o prazo de inscrição no Cadastro Único para favorecidos do Benefício de Prestação Continuada (BPC). A medida...