Quem escolhe a neutralidade opta pelo lado do agressor, diz ministra alemã na ONU

Compartilhe

Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A ministra das Relações Exteriores da Alemanha, Annalena Baerbock, criticou nesta terça-feira (1º) em seu voto na Assembleia-Geral da ONU que discute a guerra na Ucrânia países que adotam um discurso de neutralidade no conflito.

“Peço a todos a se unirem pela paz e votar sim à resolução. ‘Se você se mantém neutro em situações de injustiça, você escolheu o lado do opressor.’, é assim que o bispo Desmond Tutu disse uma vez”, afirmou, em referência ao prêmio Nobel da Paz sul-africano, morto em dezembro aos 90 anos. “Todos temos que escolher. Entre a paz e a agressão, entre a justiça e a vontade do mais forte, entre agir e fechar os olhos.”

“A guerra [promovida pela] Rússia marca uma nova realidade. Ela requer que cada um de nós tome uma decisão firme e responsável e tome um lado”, ela acrescentou.

Desde o início da invasão da Ucrânia ordenada por Vladimir Putin na semana passada, a Alemanha adotou uma série de medidas para isolar a Rússia. Suspendeu o projeto do gasoduto Nordstream 2, que abasteceria alemães com gás russo, e anunciou o envio de armas para o Exército ucraniano, em uma reversão de sua política de não exportação de equipamentos bélicos para zonas de conflito.

O Brasil não foi citado pela política alemã, mas nos últimos dias tanto o presidente Jair Bolsonaro (PL) quanto o chanceler Carlos França falaram em adotar uma política de neutralidade na crise. “Nós não podemos interferir. Nós queremos a paz, mas não podemos trazer consequências para cá”, declarou o chefe do Executivo no domingo (27).

Em contraste com a postura do chefe do Executivo, a delegação do Brasil na ONU tem apoiado resoluções críticas à invasão da Ucrânia, embora mantenha críticas ao envio de armas ao país do Leste Europeu devido ao risco de escalada do conflito.

Leia também

Adolescentes do Projeto Jovem do Futuro de Barra de São Francisco passam por avaliação médica

Os adolescentes que estão participando do Projeto Jovem do Futuro, implantado há dois meses, estão cada vez mais...

Senado aprova projeto sobre injúria racial em locais públicos

O Senado aprovou hoje (18) um projeto de lei (PL) que cria um tipo penal para a conduta...

Bueiros construídos e ponte ecológica recuperada em Rio do Campo, Ponte Alta e Assentamento Três Corações

Funcionários da secretaria de Transportes e Estradas da prefeitura de Barra de São Francisco, construíram mais três bueiros...

Polícia flagra 22 mil m² de áreas de preservação desmatadas em Santa Teresa

A Polícia Militar do Espírito Santo, por meio do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), em parceria com...

Após prisão de assassinos, investigadores miram quem mandou matar empresário em Vila Valério

Após prender nas últimas semanas os dois suspeitos de executarem o empresário Clayton Favoreto, de 45 anos, no...

Bolsonaro descarta taxar compra por meio de aplicativos estrangeiros

O presidente Jair Bolsonaro descartou hoje (21), em sua conta no Twitter, a edição de medida provisória (MP)...

Nova Venécia registra temperatura mais baixa dos últimos 10 anos

  O frio chegou para “pocar” em Nova Venécia na madrugada desta sexta-feira (20), registrando a temperatura mais baixa no...

Governo Federal repassa mais de R$ 20,7 milhões para a continuidade de obras de saneamento em 12 estados

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), vai repassar mais R$ 20,7 milhões para...