Punido pelas “big techs”, Trump terá sua própria rede social


Sputnik – De acordo com informações de um dos principais conselheiros de Donald Trump, o ex-presidente estará de volta às redes sociais em um futuro próximo, e com o seu próprio serviço.

Jason Miller, que foi conselheiro de Trump na Casa Branca, disse que o ex-presidente apresentará “sua própria plataforma” de mídia social em dois ou  três meses. 

“Acho que veremos o presidente Trump retornando às mídias sociais em provavelmente dois ou três meses aqui, com sua própria plataforma”, disse Jason Miller neste domingo (21).

Trump foi banido de uma rede social após os distúrbios no Capitólio, em 6 de janeiro. Desde então, passou a criticar as redes sociais, abstendo-se delas desde sua saída da Casa Branca.

“E isso é algo que eu acho que será o ingresso mais quente na mídia social, vai redefinir completamente o jogo, e todos estarão esperando e observando para ver o que exatamente o presidente Trump faz”, concluiu o assessor.

Uma reportagem da Fox News sustenta que Miller não foi capaz de fornecer detalhes neste momento, mas revelou que Trump tem tido “reuniões intensas” com várias equipes sobre o empreendimento, e que “várias empresas “abordaram Trump.

“Esta nova plataforma será grande”, disse Miller, prevendo que o ex-presidente atrairá “dezenas de milhões de pessoas”.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

Presidente dos EUA, Donald Trump

Presidente dos EUA, Donald Trump (Foto: REUTERS/Eric Thayer)

Leia mais

Leia também