Protocolo de medidas para o Transporte Coletivo é validado por meio de TAC com o MPES

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi) e da Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo (Ceturb-ES), assinou com o Ministério Público do Estado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que valida as ações que têm sido adotadas para o sistema de transporte público metropolitano (Sistema Transcol).

Desde o início da pandemia, em março, o Sistema Transcol vem adotando uma série de medidas para diminuir o risco de contágio no transporte coletivo. Entre as mais de 40 ações, estão a disponibilização de totens de álcool gel nos terminais para os passageiros. Os equipamentos foram instalados na segunda quinzena de agosto. Além disso, também já foram distribuídas um milhão de máscaras reutilizáveis para os passageiros que passam pelos terminais.

Também foram adotadas medidas para o reforçar a higienização dos coletivos e higienização dos terminais além da disponibilização de sabonete nos banheiros;  afastamento de colaboradores do sistema com mais de 60 anos, com comorbidades ou com sintomas gripais; superdimensionamento da operação para garantir o transporte, minimizando o risco de contaminação; recomendação para que passageiros embarquem somente em veículos com assentos disponíveis; marcação das filas nos terminais e recomendação aos passageiros para manutenção do distanciamento mínimo de 1,5 metro, além da distribuição de álcool em gel e máscaras para os trabalhadores do sistema.

 

Confira o documento completo

 

Leia mais

Leia também