Proteção da Amazônia é defendida em Fórum voltado ao desenvolvimento sustentável da região

Com o intuito de debater e buscar soluções para se atingir uma economia rica e sustentável, representantes da indústria e do governo federal participaram, nesta quarta-feira (19), do primeiro evento do Fórum Amazônia +21. A iniciativa tem como objetivo promover o mapeamento de perspectivas e buscar soluções para temas como biociência, tecnologia, meio ambiente, inovação e  sustentabilidade.

O encontro foi transmitido em uma live nas redes sociais. Na ocasião, o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, defendeu que o Brasil tem capacidade de possuir uma economia próspera e alcançar a liderança mundial a partir de projetos que reduzam a emissão de carbono e promovam trabalhos voltados para a bioeconomia.

“A indústria brasileira está entre as menos poluentes do mundo. Somos responsáveis e queremos contribuir para a criação de um modelo de desenvolvimento, que considere o potencial dos recursos existentes, garanta o desenvolvimento econômico e social a longo prazo e atenda às metas e compromissos assumidos pelo Brasil em diversos acordos, como o de Paris, por exemplo”, pontuou Robson.

O primeiro evento também contou com a participação do vice-presidente da República e presidente do Conselho Nacional da Amazônia Legal, general Hamilton Mourão. Na avaliação dele, a ideia é que os esforços não sejam voltados apenas para a repressão de crimes ambientais na Amazônia.

Maranhão pode impulsionar extração de babaçu com acordo internacional sobre recursos genéticos

“Descarbonização da economia” criaria 15 milhões de empregos na América Latina e Caribe até 2030, revela BID e OIT

Lei do Gás pode destravar bilhões em investimento no Brasil e em São Paulo

Apesar de isso ser fundamental, Mourão destaca que também é necessário criar um novo modelo de desenvolvimento pra região, baseado em pesquisa e inovação, e na bioeconomia. “Isso precisa ser baseado na rica biodiversidade, fazendo com que a bioeconomia efetivamente funcione, pare em pé e produza para a Amazônia, utilizando para isso as parcerias público-privadas”, destacou Mourão.

Repercussão no Congresso Nacional

A ideia da proteção, preservação e desenvolvimento da Amazônia também foi defendida pelo deputado federal Delegado Pablo (PSL-AM). O parlamentar entende que o desenvolvimento não está atrelado ao desmatamento, pois esta é considerada uma técnica antiga e rudimentar que não garante mais retorno financeiro.

Nesse sentido, Pablo defendeu a manutenção da Zona Franca de Manaus, que tem gerado emprego e renda para a população, de forma permanente e responsável. “Hoje em dia existem milhões de alternativas que podem ser aplicadas sem que a gente precise derrubar nossa floresta”, disse.

“O nosso Congresso Nacional tem que garantir que iniciativas como a Zona Franca de Manaus, por exemplo, que distribuem renda e garantem emprego para milhares de pessoas, sejam defendidas por parlamentares com unhas e dentes. Se a gente mantiver a Zona Franca de Manaus viva e competitiva, com certeza nós vamos garantir que a floresta fique de pé”, pontua o deputado.

Agenda

Na próxima quarta-feira (26), o Fórum Mundial Amazônia + 21 vai discutir o financiamento do desenvolvimento da região. O evento vai contar com a participação de representantes do Rio Terra, da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), do BNDES, do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), entre outros.  

A agenda do Fórum deve se estender até o mês de novembro. Nesse período, outros debates serão realizados levando em conta os quatro eixos temáticos para o desenvolvimento sustentável da Amazônia: negócios sustentáveis, cultura, financiamento dos programas (funding) e ciência, tecnologia e inovação. 

Foto: Arquivo/CNI

Leia mais

TJMG elabora documento que vai padronizar as ações judiciais de saúde

A Constituição brasileira estabelece que a saúde é um direito de todo cidadão e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que...

Feto é encontrado em estação de esgoto no Norte do Espírito Santo; polícia investiga se há clínica de aborto

Em fevereiro deste ano, outro feto havia sido encontrado no mesmo lugar. A Polícia Civil apura o caso. Por Eduardo Dias, G1 ES e TV...

PRF apreende submetralhadora de fabricação caseira dentro de ônibus no Norte do ES

Armas e drogas estavam nas malas de três pessoas. Entre elas, uma adolescente de 16 anos. Por Luiz Zardini, G1 ES e TV Gazeta Uma submetralhadora...

Dia do Administrador Hospitalar: “Não é uma profissão das mais simples, mas quando se consegue enxergar o resultado, é muito gratificante”, diz diretor do...

Nesta terça-feira (14), data em que se comemora o Dia de São Camilo de Lellis, é celebrado, também, o Dia do Administrador Hospitalar. Há sete...

Leia também

Espírito Santo chega a 4.385 mortes e 182.520 curados com 198.947 casos confirmados de Covid-19

  O Espírito Santo registrou, até este sábado (5), 4.385 mortes por Covid-19. O número de casos confirmados chegou a 198.947. O índice de letalidade...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Sudeste do País tem previsão de tempo com chuva, neste domingo (6)

Previsão de tempo com chuva intensa na região Sudeste do País, neste domingo (6), graças à atuação de uma frente fria no oceano e...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Nordeste continua com tempo seco no interior da região, neste domingo (6)

Neste domingo (6), a previsão para o Nordeste brasileiro é de tempo seco no interior da região, com poucas nuvens, e com áreas de...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Região Norte do país terá tempo chuvoso, neste domingo (6)

Neste domingo (6), a chuva persiste no Norte do país. Chuva e temporais são esperados para todas as áreas da região. Apenas nas áreas...