Prorrogadas inscrições do Selo Mais integridade

integridade-verde.png

Selo agrega valor a produtos
– Foto:
Divulgação

As inscrições do prêmio Selo Mais Integridade deste ano foram prorrogadas. Empresas e cooperativas do setor poderão se inscrever até o dia 3 de agosto, no site do ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O prazo, que terminava no dia 1º de junho, foi prorrogado conforme Portaria 148, de 23 de abril.

Criado em 2018, o Selo reconhece as organizações do agronegócio que adotam práticas de integridade sob a ótica da responsabilidade social, sustentabilidade ambiental, ética e, ainda, o comprometimento com o combate à corrupção.  

Segundo o chefe de controle interno do ministério da Agricultura, Cláudio Torquato, a certificação abre portas para os empresários. “Uma pauta de integridade é tudo que se quer de uma empresa, elas vão poder usar o selo nos seus produtos, não no primeiro ano, agregando aos seus produtos”. 

Como funciona o Selo Mais Integridade

Para receber o Selo, a empresa ou cooperativa deve comprovar a prática de requisitos como programa de compliance; código de ética e conduta; canais de denúncia efetivos, ações com foco na responsabilidade social e sustentabilidade ambiental e promover treinamentos para melhoria da cultura organizacional.

É preciso também estar em dia com as obrigações trabalhistas; inexistência de trabalho escravo e de casos de adulteração ou falsificação de processos e produtos fiscalizados pela Secretaria de Defesa Agropecuária do Mapa; ter ações de boas práticas agrícolas enquadradas nas metas de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas e não ter cometido crimes ambientais nos últimos 24 meses.

A documentação dos interessados é analisada pelo Comitê Gestor do Selo, composto por representantes de instituições públicas e privadas, que concede a premiação.

Empresas Premiadas

Das 16 organizações premiadas no ano passado, dez delas receberam o Selo pela segunda vez. A empresa ganhadora pode usar a marca do Selo Mais Integridade em seus produtos, sites comerciais, propagandas e publicações. Em 2018, foram 11 ganhadoras. 

A gerente jurídica de uma empresa de alimentos, Luciana Prado, o processo não é fácil, mas vale a pena. “Mantendo o compromisso de atuar com integridade, com ética, com responsabilidade social e ambiental, tornar o nosso país um país mais sustentável”, afirma. 

Quer inscrever sua empresa no prêmio Selo Mais Integridade? 

Acesse o formulário aqui

Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Leia mais

Leia também