Prorrogada etapa de vacinação contra febre aftosa no Espírito Santo

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), em consenso com os representantes dos produtores rurais, solicitou ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) a ampliação do prazo para vacinação do rebanho contra febre aftosa, que terminaria na próxima segunda-feira (31). Os pecuaristas têm agora até o dia 15 de junho para realizar a imunização de bois e búfalos com até dois anos de idade.

De acordo com o diretor-presidente do Idaf, Mário Louzada, o objetivo foi evitar aglomerações, por ocasião da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), nas revendas de vacina e nos escritórios do Idaf, além do pedido da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Faes). “Temos também incentivado os produtores para que façam as comprovações on-line, sempre que possível. Contamos também com o comprometimento de todos, de modo que possamos manter o status sanitário do Espírito Santo como livre de febre aftosa, além de avançar na retirada da vacinação, prevista para 2023”, pontuou Louzada.

O gerente de Defesa Sanitária e Inspeção Animal do Idaf, Raoni Cezana Cipriano, lembra que, com a mudança na normativa federal, em 2020, a emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA), durante a campanha, está condicionada à vacinação e atualização cadastral do rebanho. “No caso das explorações pecuárias que não tenham animais em idade vacinal, ainda assim, para emissão da GTA, a atualização cadastral é obrigatória”, explicou, Cipriano.

O médico-veterinário do Idaf José Dias Porto Júnior, responsável no Instituto pelo Programa Nacional de Vigilância para a Febre Aftosa, informou que, até o momento, foi registrado um percentual de 54% de comprovação de vacinação. “O número ainda é baixo, mas contamos com os responsáveis pelo rebanho para que garantam a imunidade de seus animais, fortalecendo seu patrimônio e a pecuária local”, disse Porto Júnior.

Comprovação

O prazo para comprovação da vacinação, procedimento que também é obrigatório, foi ampliado para o dia 15 de junho pelo site do Idaf ou até o dia 25 de junho por e-mail ou nos escritórios.

As vacinas podem ser adquiridas, apenas durante o período da campanha, em lojas agropecuárias cadastradas no Idaf.

Confira os novos prazos:

Vacinação: 15 de junho

Comprovação da vacina e atualização de rebanho pela internet: 15 de junho

Comprovação da vacina e atualização de rebanho por e-mail ou nos escritórios do Idaf: 25 de junho

 

Texto: Francine Castro

 


Leia mais

Leia também