Projeto dos CRJs é apresentado a representantes da Prefeitura de Vila Velha

Os secretários de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, e de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, apresentaram o projeto dos Centros de Referência das Juventudes (CRJs) para o prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo, e sua equipe, nesta quarta-feira (10). A implementação dos Centros é a principal ação do Eixo de Proteção Social do Programa Estado Presente em Defesa da Vida e está previsto que dois sejam implantados no município.

Os Centros irão ofertar uma gama de serviços voltados para as juventudes, buscando ampliar a garantia de direitos e diminuir os índices de crimes violentos sofridos e cometidos por jovens.

“Os Centros de Referência das Juventudes estarão em 10 municípios que integram o Programa Estado Presente em Defesa da Vida, e Vila Velha é um deles. Temos mantido um diálogo aberto com prefeituras de municípios onde serão implementadas as unidades, e certamente isso vai facilitar trabalho do Estado”, disse a secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo.

Já o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, destacou a importância da implantação dos CRJs, dentro do Eixo de Proteção Social do Programa Estado Presente em Defesa da Vida.

“Das 14 unidades a serem implantadas no Estado, em parceria do Governo do Estado com os municípios, e apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), duas estão previstas para Vila Velha. Queremos fortalecer as ações de prevenção à violência e redução da vulnerabilidade da nossa juventude”, afirmou o secretário.

Duboc, que atua como coordenador-executivo do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, explica que os CRJs vão ofertar um conjunto de atividades para “fortalecer vínculos sociais e comunitários, trabalhando e potencializando as habilidades dos jovens”.

O Programa Estado Presente em Defesa da Vida visa a reduzir os índices de violência e criminalidade no Espírito Santo, com foco especialmente em crimes letais – homicídio, feminicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte -, atuando em dois eixos: controle da criminalidade e prevenção à violência, a partir da ampliação do acesso aos serviços básicos e promoção da cidadania em regiões caracterizadas por altos índices de vulnerabilidade social.

 

Centros de Referência para as Juventudes

Os Centros irão ofertar uma gama de serviços voltados para as juventudes, buscando ampliar a garantia de direitos e diminuir os índices de crimes violentos sofridos e cometidos por jovens.

Como projeto do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, serão 14 CRJs em funcionamento até 2021, com capacidade para atender anualmente uma média de 65 mil jovens.

Os CRJs ofertarão serviços como o acompanhamento integral de jovens para construção de Planos de Vida e Trabalho, tendo como princípios o respeito à diversidade e ao diálogo. Disponibilizará ainda espaços de trabalho compartilhado, com laboratório temático para geração de renda (LABPoca), oficinas, eventos artístico-culturais e esportivos, vivências extraterritório, passagens interestaduais entre outros, tendo a gestão compartilhada como premissa, e se configurando como a principal entrega pública para as Juventudes já realizada no Espírito Santo. Saiba mais: https://bit.ly/3kyJlm0

  

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da SEDH
Juliana Borges
(27) 3636-1334 / 99926-4669
juliana.paiva@sedh.es.gov.br

Assessoria de Comunicação da SEP
Claudia Feliz
(27) 99507-4071 
claudia.feliz@planejamento.es.gov.br

Leia mais

Leia também