Projeto de lei prevê punição para quem hostilizar profissionais de imprensa

Projeto de Lei apresentado pelo senador Fabiano Contarato (Rede-ES), pretende criminalizar a hostilização aos profissionais de imprensa. De acordo com o PL 4.522/2020, hostilizar um profissional de imprensa com o objetivo de impedir ou dificultar sua atuação, deve ser um ato punido com pena de detenção, de um a seis meses e multa. 

Emissoras de rádio e TV estão proibidas de exibir conteúdos com alusão ou críticas a candidatos

Para o senador Contarato, essa medida é importante pois a liberdade de imprensa é fundamental para o exercício da democracia, mas esse cenário de ofensas, ameaças e violência contra esses profissionais está se agravando por todo o país. O parlamentar lembrou o caso do fotógrafo do Estadão, Dida Sampaio, que foi agredido fisicamente em maio, durante manifestação na frente do Palácio do Planalto, em Brasília. 

Foto: Terje Sollie (Pexels)

Leia mais

Nota de R$ 200 entra em circulação a partir desta quarta-feira

Anunciada no final de julho pelo Banco Central...

Detran|ES adota medidas para prevenir a transmissão do novo coronavírus

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo...

Incaper recebe doações para moradores do bairro Jesus de Nazareth

A Sede do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), em Vitória, está...

Leia também

Polícia descobre barbearia de fachada que abrigava boca de fumo no ES

Polícia descobriu barbearia de fachada que abrigava boca...

SAÚDE BUCAL: MS credencia 1,8 mil equipes para atuar com horário diferenciado

As primeiras Equipes de Saúde Bucal com carga horária diferenciada começam a ser credenciadas pelo Ministério da Saúde. A iniciativa marca o Dia Nacional...