Projeto de Lei muda nome da Escola para homenagear professor Márcio Andrade

Os vereadores de Barra de São Francisco, Sargento Farias (Cidadania) e Fernando Carabina (Podemos), apresentarão na sessão ordinária desta segunda-feira (03), um Projeto de Lei mudando o nome da Escola Família Agrícola Normília Cunha, para homenagear o professor Márcio Andrade, que faleceu no mês passado, vítima da Covid-19.

A homenagem é justificada por tudo que o professor Márcio fez pela educação daquela escola e pelo município.

Normília era mãe do governador da época, Albuino Azeredo, e tal denominação foi uma proposta de Enivaldo dos Anjos, que ocupou o cargo de Secretário do Interior naquela gestão.

“Mudar o nome para quem sempre lutou pela educação do município é uma forma justa“, diz Farias.

No texto inicial, diz que um abaixo assinado online é para preencher o que diz a Lei orgânica do município, no ART. 207. E o professor Márcio preenche o parágrafo único.

Até a manhã desta segunda-feira, mais de 900 pessoas já tinham assinado.

Abaixo-assinado

O presente abaixo-assinado tem por objetivo apoiar o Projeto de Lei 001/2021, visando prestar nossas homenagens ao Professor Márcio Andrade, que sempre teve sua vida vinculada a Educação, principalmente a Educação do Campo, na modalidade da Pedagogia da Alternância, a qual foi sua maior bandeira de luta.

Na sua história acumula inclusive papel fundamental na articulação para criação das escolas em regime de Alternância e formação Técnica voltada para atender as famílias camponesas do nosso Município, onde ele, na Escola Família Agrícola de Ensino Fundamental “Normília Cunha dos Santos”, criada em 1992 e com início de suas atividades em 1993, foi o primeiro diretor escolar, no período de 1993 até início de 1995, depois em 1998 até inicio de 2003 e no período 2019 a 2020.

Então este projeto visa prestar homenagem e reconhecimento póstumo à memória de alguém da nossa terra, a quem teve uma vida dedicada à educação, bem como a quem ressaltou o valor da vida em abundância e distribuiu seus conhecimentos com quem deles precisava.

Veja aqui o abaixo-assinado online

Leia mais

Leia também