Programa Monitor de Seca avaliará estiagem em 14 estados e DF

A Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) publicou resolução que institui o Programa Monitor de Secas para acompanhar a falta de chuva e os impactos da estiagem em todo o país. Entre outros pontos, o programa vai classificar o grau de severidade da seca, os impactos em determinadas regiões e a evolução do fenômeno com o passar do tempo. 

Com a ferramenta, a agência também pretende auxiliar os governantes na implementação de políticas públicas no enfrentamento à estiagem e fornecer informações aos governantes sobre eventuais problemas  constatados. O serviço é coordenado pela ANA, com o apoio da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (FUNCEME), e desenvolvido conjuntamente com diversas instituições estaduais e federais ligadas às áreas de clima e recursos hídricos.

O programa de monitoramento passa a valer em 3 agosto. A ferramenta mapeia a seca em todos os estados do nordeste, além do Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Tocantins, Goiás e Distrito Federal. 

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Leia mais

Leia também