Programa Mais Luz vai levar energia elétrica para regiões remotas do Amapá

O Governo Federal  publicou nesta quinta-feira (3) o Termo de Compromisso para a implementação do Programa Mais Luz para a Amazônia no Amapá. A iniciativa visa estabelecer as metas para o atendimento com energia elétrica à população que vive em áreas remotas do estado e que ainda não possui acesso a esse serviço público. Nesses locais não é possível o atendimento com extensão de redes convencionais. 
 
A expectativa é de que mais de 2,5 mil famílias sejam atendidas nos próximos dois anos, por meio de sistemas de geração que utilizam energia renovável, especialmente a energia solar. Com isso, contribui-se para a preservação da Floresta Amazônica e a diminuição da emissão de gases do efeito estufa. 

Amapá vai receber R$ 21,5 milhões para alugar geradores e comprar combustíveis após apagão

Sem energia há 20 dias, governo decreta estado de calamidade no Amapá
 
O acesso à energia elétrica também deve possibilitar o desenvolvimento econômico e social das comunidades que ficam na Amazônia Legal, pois estimula as atividades voltadas para o aumento da renda familiar e pelo uso sustentável dos recursos que a região oferece.

Agência Brasil

Leia mais

Leia também