Programa Agenda Mulher celebra parceria para empoderamento digital de mulheres

O Governo do Estado, por meio da Vice-Governadoria e da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), firmou, nesta terça-feira (20), uma parceria com a Recorde para promover o empoderamento digital de mulheres no Espírito Santo. A partir de um acordo de cooperação com o programa Agenda Mulher, as capixabas poderão realizar, no ambiente de aprendizagem totalmente virtual da Recode, cursos gratuitos voltados para programação, gestão de projetos e carreira.

“Tem sido muito bonito ver como, cada vez mais, a pauta por equidade de gênero tem estado presente em nossas discussões cotidianas, com mais meninas e mulheres compartilhando e construindo ações para ampliar a participação e valorização feminina nos espaços de poder e da produção”, afirmou a vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes.

A parceria com a Recode, segundo a vice-governadora, garante o aprendizado no momento de agravamento da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). “Em plena pandemia, esse acordo vem reforçar a importância do empoderamento digital colocando mais mulheres na realidade virtual, na inteligência artificial como forma de estimular o empreendedorismo e reduzir as desigualdades sociais”, disse.

Para o presidente da Recode, Rodrigo Baggio, o momento é o alvorecer da Quarta Revolução Industrial e uma nova realidade trazida pela pandemia. “O empoderamento digital é fundamental para as pessoas hoje na nossa sociedade. A recapacitação e as habilidades digitais se tornam cada vez mais necessárias. É por isso que a Recode se une à Vice-Governadoria e à Secretaria de Direitos Humanos do Espírito Santo para criar de forma pioneira um programa de empoderamento digital para mulheres no Estado”, destacou.

Jaqueline Moraes também comemorou a parceria. “Nossa parceria visa a fomentar o empreendedorismo feminino de mulheres e organizações sociais. Durante o ano, nós fomos procuradas por mulheres que acabaram perdendo uma oportunidade de trabalho por falta de qualificação. Então, neste momento de pandemia, a nossa ideia é fazer com que as mulheres que estejam em casa consigam realizar esses cursos de forma on-line”, ressaltou.

Já a secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, reforçou que é fundamental oferecer aos jovens o caminho do aprendizado. “É muito importante que nossa juventude tenha oportunidade de aprender e se qualificar na área de tecnologia. Além disso, bons cursos com certificados ajudam muito na formação do currículo. Com as trilhas formativas gratuitas, vamos avançando na garantia de direitos para nossos e nossas jovens”, pontuou.

Cursos gratuitos e com certificados

A iniciativa do Governo do Estado é voltada para o público capixaba a partir de 14 anos que deseja aprender mais sobre tecnologia, aumentando suas oportunidades. As pessoas interessadas em participar podem acessar o site www.recode.org.br/governoespiritosanto e obter os detalhes sobre o projeto. Todos os cursos são gratuitos e emitem certificado reconhecido pelo mercado. As aulas podem ser feitas pelo computador ou por dispositivos móveis.

Leia mais

Leia também