Profissionais da saúde atravessam córrego para vacinar idosa de 93 anos

Para garantir que a vacina contra Covid-19 chegasse até uma idosa, 3 profissionais de saúde de Colatina, se arriscaram em uma prova de coragem e profissionalismo. A enfermeira Lucilene Schultz a motorista Jucileide Leda e a agente comunitária Elza de Oliveira atravessaram um córrego para imunizar a Dona Palmeirina de Conceição Souto, 93 anos, moradora do interior de Colatina.

As profissionais realizam um trabalho na comunidade de São Gabriel de Baunilha. Quando se preparavam para aplicar a última dose do dia, o carro que levavam as servidoras não conseguiu passar pela estrada, que ficou comprometida devido às chuvas que atingiram o município. Foi então que uma delas teve a ideia de passar por outro caminho.

Com a caixa de vacina e os equipamentos necessários, elas enfrentaram o desafio. Após atravessar o córrego, conseguiram chegar até a idosa que vive apenas com um filho que tem necessidades especiais. “Foi um momento super emocionante. Ela está lúcida e ficou super agradecida em receber a dose”. Revela a enfermeira.

Na volta, as profissionais precisaram enfrentar o córrego novamente, mas o desafio, que já era grande, ficou ainda maior. “Enquanto a gente estava vacinando a idosa, começou a chover novamente e o nível do córrego subiu. A água que antes estava na altura do joelho, foi parar no coxa”. Revela.

A enfermeira conta ainda que uma das colegas teve mais dificuldade no retorno, mas depois que a travessia deu certo elas até se divertiram.

Com o sentimento de missão cumprida, elas voltaram até onde o carro ficou. “Precisamos confessar que a adrenalina foi bem grande. Mas a gente trabalha por amor então temos que enfrentar essas situações”. Revela a enfermeira Luciene com mais de 50 anos de profissão.

ES Fala

Leia mais

O BRASIL VAI EM FRENTE

Leia também