Produção de horta prisional em Colatina auxilia na alimentação de asilo

As Verduras, frutas e legumes que são produzidos no projeto Semeando Solidariedade, desenvolvido na Penitenciária de Segurança Média de Colatina (PSMECOL), têm destino certo: familiares dos internos e instituições municipais como asilos e orfanatos. Os participantes do projeto colhem ainda outros frutos, como a remição da pena e o exercício da cidadania.

O psicólogo da unidade, e coordenador técnico do projeto, Karlyan Gomes, explica que, no ano passado, as produções começaram a ser entregues para os familiares dos próprios detentos, em forma de kits, ao término da visita nos finais semana. Hoje, são cultivados verduras, frutas e legumes, como alface, couve, berinjela, temperos, dentre outros alimentos, com doação regular também a instituições municipais, como asilos, creches e orfanatos. 

Na última semana, duas instituições do município de Colatina receberam cestas com hortaliças, reforçando o cardápio dos assistidos com produtos naturais frescos e de qualidade.

“A horta trabalha nos internos o senso de responsabilidade. Responsabilidade com a manutenção e cultivo dos alimentos, com os familiares e cidadãos que receberão os kits, responsabilidade consigo mesmo, na manutenção do projeto para a remição de sua pena. O Semeando Solidariedade existe desde 2017 e cada vez traz melhores resultados, por isso conta com o apoio da equipe para manutenção e aquisição de adubos e outros insumos”, disse Gomes.

Leia mais

Leia também