Procon notifica instituições por demora no atendimento em bancos do Espírito Santo

 

O Procon do Espírito Santo notificou a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o Banco Central (Bacen), a Associação Brasileira dos Bancos (ABBC) e o Sindicato dos Bancários do Espírito Santo (Sindibancários) sobre as longas filas e tempo de atendimento registrados nas agências bancárias no estado.

De acordo com o Procon, a espera desses consumidores descumpre a legislação. No Espírito Santo, o tempo máximo para o atendimento é de 20 minutos.

Por causa disso, o órgão pediu que as agências bancárias divulguem, por meio de cartazes em locais visíveis nas agências, o horário de funcionamento delas.

Para minimizar o tamanho das filas ,que se formam do lado de fora dos bancos, o Procon pediu ainda que as agências adotem atendimento exclusivo para idosos, pessoas com deficiência e gestantes no início do expediente bancário.

O Procon pediu ainda que os bancos priorizem o atendimento de beneficiários de programas sociais do Governo Federal.

O diretor-presidente do Procon-ES, Rogério Athayde, informou que a notificação foi para que as instituições orientem os bancos a cumprir a legislação. As denúncias de descumprimento da lei podem ser feitas pelo telefone 151 ou pelo WhatsApp (27) 3323-6237.

A Febraban, o Banco Central, ABBC e Sindibancários foram procurados pela reportagem e até a publicação não se posicionaram sobre a notificação.

 

Agências bancárias do ES têm registro de filas durante pandemia

Agências bancárias do ES têm registro de filas durante pandemia