Procon-ES realiza mais de 600 atendimentos em três dias via WhatsApp

O novo canal de atendimento tira-dúvidas via WhatsApp do Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES) já se transformou no principal meio de comunicação do capixaba com o órgão. Desde a segunda-feira (19), foram realizados mais de 600 atendimentos pelo aplicativo, que tem os objetivos de receber denúncias, consultar o andamento de reclamações abertas e esclarecer dúvidas sobre produtos adquiridos e serviços contratados.

As principais demandas recebidas pelo aplicativo até agora estão relacionadas à orientação acerca de cobrança de juros de contas vencidas, negociação de dívidas, cobrança de dívida fora dos horários permitidos pela legislação e solicitação de informações sobre bloqueio de ligações de telemarketing. Também houve solicitação de remarcação de audiência e de atendimento presencial.

Para ser atendido, o consumidor deve ter instalado o aplicativo WhatsApp no seu aparelho celular e salvar o número telefônico do Procon-ES (27) 3323-6237 na sua agenda de contatos. Os atendimentos serão realizados de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 17 horas, exceto feriados. O prazo para resposta é de até 24 horas.

O diretor-presidente do Procon-ES, Rogério Athayde, informou que já era esperado um grande volume de atendimento, mas a adesão dos consumidores superou as expectativas.

“O WhatsApp é hoje o principal meio de comunicação entre as pessoas. Estamos satisfeitos com a adesão dos consumidores a esse novo canal de atendimento e já ampliamos a equipe para que o consumidor possa ser respondido o mais rápido possível. Temos recebido mensagens elogiando a iniciativa e o atendimento recebido e isso muito nos alegra. Por causa da grande demanda, determinamos um prazo de até 24 horas para retorno. O nosso canal telefônico 151 quase não toca mais”, ressaltou Athayde.

O diretor-presidente enfatizou que, por enquanto, esse canal de atendimento tem o objetivo de orientar o consumidor. O registro de reclamação deve ser formalizado pelo App Procon-ES (Android) ou pelo e-mail atendimentoapp@procon.es.gov.br.

“No ato da reclamação é importante informar os dados completos do titular como nome, data de nascimento, endereço, telefone e e-mail para contato e anexar cópia dos documentos pessoais (RG, CPF) e dos documentos que comprovem a relação de consumo como nota fiscal, ordem de serviço, faturas, boletos, contratos, dentre outros para que a empresa seja notificada”, explicou Rogério Athayde.

 

Leia mais

Leia também