Procon-ES notifica comerciantes sobre aumento injustificado no preço de produtos

O Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES) enviou, nesta segunda-feira (16), uma Notificação Recomendatória à Associação Capixaba de Supermercados (Acaps) e ao Conselho Regional de Farmácia do Espírito Santo (CRF-ES) recomendando que supermercados e farmácias se abstenham de elevar, sem justa causa, os preços dos produtos.

O crescimento da procura por máscara e álcool em gel, entre outros produtos, tendo em vista as circunstâncias, pode levar à especulação de alguns comerciantes que aumentam injustificadamente o preço dos produtos, prática condenada pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC).

O artigo 39 da Lei Federal nº 8.078/90 (CDC) veda ao fornecedor elevar o preço de produtos e serviços sem que haja um justo motivo – o aumento dos custos – que seja capaz de refletir no preço final. Esses custos devem ser comprovados por meio de documentos. A elevação de preço sem justa causa pode configurar, ainda, abuso de direito e ato ilícito, conforme previsto no artigo 187 do Código Civil.

Segundo o diretor-presidente do Procon-ES, Rogério Athayde, o aumento dos preços cobrados dos consumidores deve ser proporcional ao aumento dos custos. “Aproveitar-se da situação pela qual a população está passando para aumentar os preços dos produtos é prática abusiva, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor. Recomendamos que os comerciantes hajam dentro da legalidade”, ressaltou.

Athayde enfatizou ainda que o sistema econômico brasileiro está baseado na livre iniciativa e economia de mercado, da oferta e procura, e que a definição de preços depende de cada estabelecimento.

“Importante frisar que os órgãos de defesa do consumidor não podem intervir nos preços praticados pelos estabelecimentos. Entretanto, práticas abusivas são ilegais. Se os consumidores constatarem aumentos repentinos e elevados, sem causa aparente, poderão registrar a reclamação no Procon-ES para que possamos apurar”, disse Athayde.

As denúncias podem ser registradas por meio do App Procon-ES (disponível para Android) ou pelo telefone 151.

 

Leia mais

Estudo aponta que 61% das escolas municipais não formaram professores para aulas online

Pesquisa foi feita pelos 26 Tribunais de Contas do país em parceria com o Instituto Rui Barbosa. Amostra é formada por 249 redes de...

PRF faz operação para prevenir acidente de trânsito no DF e Entorno

Segurança viária no foco de operação da PRF que será lançada nesta quinta (14) –...

Espírito Santo chega a 1.387 mortes e 36.147 casos confirmados de Coronavírus

O Espírito Santo registrou, até esta segunda-feira (22), 1.387 mortes por Covid-19. O número de casos confirmados chegou a 36.147, sendo que 6.580 são...

Mais de 7 milhões de empregos já foram mantidos com Benefício Emergencial

Os recursos para o pagamento do benefício pelo governo somam R$ 12,7 bilhões – Foto: ...

Leia também

Ademir Teixeira confirma pré-candidatura à prefeitura de Vila Pavão

O funcionário público, Ademir Teixeira (PDT), confirmou sua...

Cursos de graduação 100% online na Unopar: Um modelo de educação que só cresce

» Os sócios do grupo Axioma, Professor Lourenção e Alexsandra Calegari Lavanhole, fizeram parceria com a...

Lives do fim de semana têm Skank, Elza Soares e música sertaneja

Diversas lives vão ocorrer no fim de semana...

Polícia Militar captura foragido da justiça em Fundão

Nesta quinta-feira (02), policiais militares do 5º Batalhão efetuaram a captura de um foragido da justiça em Praia Grande, Fundão. A ação foi motivada pela...