Procon-ES e Banestes debatem melhorias no atendimento ao consumidor

Compartilhe

Representantes do Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES) e Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes), reuniram-se, na manhã desta quarta-feira (20), com o objetivo de traçar melhorias no atendimento ao consumidor capixaba.

Durante o encontro, o diretor-presidente do Procon-ES, Rogério Athayde, solicitou ao Banestes que ofereça melhorias no processo de atendimento ao consumidor. Ponderou também sobre a importância da disponibilização de um canal telefônico direto para comunicação do Procon com a empresa para a tratativa das demandas que chegam ao órgão facilitando, assim, a resolução dos problemas no atendimento preliminar.

O Procon-ES busca ser um órgão resolutivo e referência na implantação de soluções dinâmicas e inovadoras. É nosso papel defender os interesses dos consumidores e esse diálogo com as empresas é fundamental para a harmonização das relações de consumo. Nosso objetivo é aumentar os índices de resolutividade do Procon, minimizando transtorno para os consumidores”, ressaltou Rogério Athayde.

O presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande, se comprometeu a criar um canal de atendimento direto do Procon com as agências de 78 municípios do Estado. O presidente do banco também solicitou ao Procon Estadual que realize um monitoramento das fraudes que tem recebido nos balcões de atendimento do Instituto e que esse relatório seja repassado ao Banco.

O Banco está aberto ao diálogo com os clientes, intermediado pelo Procon”, acrescentou José Amarildo.

Ao fim da reunião, ficou acordado que outro encontro será realizado dentro de 90 dias, para que sejam avaliadas se as mudanças sugeridas estão surtindo o efeito esperado.

Também participaram da reunião, representando o Procon-ES, a diretora jurídica, Andréa Munhós Ferreira Barroso; o gerente de atendimento, Lucas Carneiro Costa e o contabilista, Ronaldo Moreira de Aquino. Representando o Banestes, estiveram presentes o superintendente jurídico, Tiago Cunha Ferreira, e a ouvidora do sistema financeiro, Cláudia Maria Carvalho Lima.

Leia também

DESASTRES: Defesa Civil participa de evento global para debater redução de riscos

A Defesa Civil Nacional vai participar, a partir da próxima segunda-feira, 23 de maio, da 7ª sessão da...

Governo planeja trava para evitar reajustes da Petrobras em ano eleitoral

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O governo discute a criação de um mecanismo para evitar que a Petrobras reajuste...

Secretaria de Transportes e Estrada constrói passador de gado em granito no córrego do Itá

A Secretaria Municipal de Transportes e Estradas (Semte), construiu nesse sábado, 21, um passador de gado, em escória...

Operação Infância Segura: Delegacia de Jaguaré prende suspeitos de abusar sexualmente de menores de idade

  A Polícia Civil prendeu dois homens, de 64 e 32 anos, suspeitos de abusarem sexualmente de menores de...

Tentando embalar no Brasileiro, Fluminense visita o Fortaleza

O Fluminense visita o Fortaleza, a partir das 16h (horário de Brasília) deste domingo (22) no estádio do...

Audiência Pública em Vila Pavão vai avaliar metas fiscais do 1º quadrimestre de 2022

  Visando a transparência nas contas públicas, a Prefeitura de Vila Pavão, através Secretaria Municipal de Finanças e Orçamento,...

As empresas mais valiosas do Brasil

Segundo levantamento da FinDocs, nos últimos 12 anos apenas uma empresa trocou de posição entre as sete mais valiosas...

Vila Pavão inicia entrega dos alimentos do programa CDA nesta quarta-feira (18)

  A Prefeitura de Vila Pavão, por meio da Secretaria de Assistência Social, começa, nesta quarta-feira (18), a partir...