Procon-ES divulga Cadastro de Reclamações Fundamentadas 2021

Compartilhe

Como parte das ações comemorativas ao Dia Internacional do Consumidor, os Procons de todo o País divulgam, nesta terça-feira (15), o Cadastro de Reclamações Fundamentadas 2021. As reclamações registradas no documento correspondem a quase 1,5 mil processos administrativos analisados e concluídos pelo Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES), no período de janeiro a dezembro de 2021, e que apresentam algum indicativo de lesão ou ameaça aos direitos dos consumidores.

De acordo com o Cadastro de Reclamações Fundamentadas 2021, o Banco Bradesco subiu no ranking de empresas mais reclamadas no Procon-ES, ocupando a primeira posição. Em segundo lugar geral, aparece o Banco Pan, seguido do Banco Ficsa, Telefônica Vivo e Banco BMG. Em sexto lugar no ranking, aparece a Oi Móvel, seguida da Claro, Banco Itaú Consignado, Lojas Simonetti e, em décimo lugar no ranking, está a Lojas Sipolatti.

As principais queixas que envolvem os fornecedores líderes do cadastro no Procon-ES são cobrança indevida, crédito consignado, alteração unilateral e descumprimento de contrato e produto ou serviço com vício de qualidade.

De todos os atendimentos registrados pelos Procons, uma parcela é tratada por meio de processos administrativos. Procedimento adotado quando não se obtém êxito em uma tentativa preliminar de solução da demanda ou quando há prática reincidente de algum fornecedor em determinado problema.

O diretor-presidente do Procon-ES, Rogério Athayde, ressaltou que o Cadastro de Reclamações Fundamentadas é um instrumento de orientação no mercado de consumo. Ele serve de parâmetro para o consumidor avaliar o índice de reclamação e resolutividade das empresas e escolher com quem contratar.

“A inclusão do nome na lista de fornecedores não configura uma sanção. O cadastro tem caráter educativo e preventivo. O objetivo é informar à sociedade qual a situação dos fornecedores nos órgãos de defesa do consumidor, assim como a postura adotada por eles perante às reclamações”, destacou Athayde, acrescentando que é importante que os consumidores adquiram o hábito de consultar a lista e contratar com empresas que respeitam os seus direitos.

Entenda o Cadastro de Reclamações Fundamentadas

O Cadastro de Reclamações Fundamentadas é publicado anualmente pelos Procons estaduais e municipais, integrados ao Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), do Ministério da Justiça. O próximo passo será a consolidação dessas publicações no Cadastro Nacional de Reclamações Fundamentadas, que será divulgado pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon).

A divulgação do Cadastro de Reclamações Fundamentadas decorre de determinação do artigo 5º da Constituição Federal e do artigo 44 do Código de Proteção e Defesa do Consumidor, e devem ocorrer publicamente no período máximo de um ano. O documento apresenta o ranking de empresas nacionais e estaduais que mais desrespeitam os direitos dos consumidores e se os processos administrativos, formulados a partir de reclamações, foram ou não atendidos.

A reclamação é fundamentada quando apresenta algum indicativo de lesão ou ameaça aos direitos dos consumidores e o descumprimento das legislações vigentes. Quando o fornecedor soluciona o problema apresentado, depois de aberto o processo administrativo, ele é classificado como Reclamação Fundamentada Atendida. No entanto, se o fornecedor não apresenta nenhum tipo de solução, mesmo depois da abertura do processo administrativo, o processo é classificado como Reclamação Fundamentada Não Atendida.

A decisão quanto à Fundamentação ou não da Reclamação se dá em âmbito do Procon, seja estadual, municipal ou do Distrito Federal, que a instaurou. Essa decisão pressupõe a realização de uma análise técnica realizada pelo órgão, em observância aos dispositivos do Código de Defesa do Consumidor.

Os consumidores já podem conferir, no Cadastro de Reclamações Fundamentadas 2021, os fornecedores de produtos e serviços com maior índice de reclamação e insatisfação no Procon-ES e a postura adotada diante das reclamações.

 

 

Leia também

Inscrições abertas para o Concurso Público da Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco

A Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco - ES, no uso de suas atribuições legais, torna público...

Campeonato Municipal de Futebol de Campo previsto para começar no dia 31 de julho

  A equipe da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer da...

VAR será utilizado pela primeira vez no futebol capixaba, na final da Copa ES

  Além da briga pelo título e pela vaga na Copa do Brasil 2023, a final da Copa Espírito...

Cartão do Auxílio Brasil começa a ser entregue; veja quem receberá

CRISTIANE GERCINA SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O novo cartão do Auxílio Brasil começou a ser entregue aos...

Barra de São Francisco vai sediar 1º encontro das Audiências Públicas para o Orçamento de 2023

Na próxima quarta-feira (06), o município de Barra de São Francisco vai receber o primeiro encontro presencial visando...

Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil é tema de debate com convidados e especialistas

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) promoveu, nesta quinta-feira (30), um debate sobre o Sistema Nacional de Proteção...

Bolsonaro diz que vai recriar Ministério da Indústria, caso seja reeleito

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (29) que, se for reeleito, vai recriar o Ministério da Indústria....

Peça teatral que discute feminicídio abre temporada em São Paulo

Baseado em casos reais ocorridos na Argentina na década de 80 do século 20, o livro Garotas Mortas,...