Pró-DH vai equipar órgãos de defesa aos Direito Humanos

O Governo Federal lançou um programa para modernizar as estruturas de atendimentos as temáticas dos direitos humanos de todos os municípios do país. O objetivo é consolidar uma rede integrada que reúna os órgãos, instâncias e entidades no combate a violação dos direitos.

O Programa de Equipagem e de Modernização da Infraestrutura dos Órgãos, das Entidades e das Instâncias Colegiadas de Promoção e de Defesa dos Direitos Humanos (Pró-DH), vai oferecer condições de estruturas como locações, veículos, cadeiras, ar-condicionado, bebedouros, celulares entre outros. 

De acordo com a secretaria-executiva do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) Tatiana Alvarenga, cada unidade irá ser contemplada de acordo com a necessidade de modernização.

“O espaço ideal vai variar de acordo com a necessidade local, com a demanda. Não existe uma infraestrutura padrão, uma vez que os espaços oferecem finalidades diferentes, estamos falando, não só dos conselhos tutelares mas também dos nossos conselhos de direitos, de promoção de igualdade étnico-racial, uma rede de proteção a mulher. Cada um tem a sua especificidade em termo de estrutura ideal.”

A ministra, Damares Alves, afirma que os investimentos serão controlados. “E este ministério vai ter um sistema para registrar, controlar e monitorar o desenvolvimento do programa.”

Poderão participar do Pró-DH os órgãos e as entidades públicas de promoção e de defesa dos direitos humanos em âmbito estadual, distrital e municipal; os conselhos estaduais, distritais e municipais de direitos; e os conselhos tutelares.

Política Nacional de Educação Especial é sancionada e promete ampliar atendimento aos estudantes com deficiência

Médicos têm novo canal para denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes

Os candidatos deverão comprovar que desenvolvem ações destinadas à estes princípios, além de demonstrar, por meio de declaração acompanhada de registro fotográfico, que possuem espaço seguro, acessível e adequado para o recebimento e instalação dos equipamentos.

Também é necessário comprovar que a entidade tem capacidade para custear as despesas associadas ao uso e à manutenção dos bens com recursos próprios ou do ente federativo a que esteja vinculado.
 

Arquivo Agência Brasil

Leia mais

ES: mulher tem os ossos do rosto quebrados durante agressão

Uma moradora do bairro Aribiri, em Vila Velha, viveu momentos de terror na última quarta-feira (23). Ela foi espancada, supostamente pelo namorado, e em razão das...

Mais de 13 mil brasileiros já voltaram ao País com a ajuda do Itamaraty

Na Índia, o Itamaraty embarcou 121 brasileiros e 6 familiares estrangeiros – Foto: ...

Motocicletas clonadas na mira da Polícia em Barra de São Francisco

Na noite desta quarta-feira (13), durante patrulhamento, a equipe de motopatrulha do 11º BPM de Barra de São Francisco, avistou uma motocicleta sendo estacionada...

7º Caso de coronavírus confirmado em Água Doce do Norte

A situação em Água Doce do Norte está ficando cada vez mais complicada, tudo porque o...

Leia também

MP em discussão no Congresso Nacional pode aumentar volume de crédito oferecido a empresários paranaenses

A obtenção de crédito por empreendedores brasileiros tem se tornado um entrave durante a crise financeira ocasionada pela pandemia. No Paraná, segundo pesquisa do...

Leilão do saneamento básico em Alagoas deve aumentar percentual da população que recebe atendimento de coleta de esgoto

O serviço de saneamento básico deve ter um novo cenário na região metropolitana de Maceió nos próximos anos. Atualmente, segundo dados do Sistema Nacional...

Mais de 313 mil empregos foram criados em setembro

egundo o Ministério da Economia, é o melhor resultado para setembro desde que foi criado o Caged, em 1992. Foto: Wilson Dias / Agência...

Programa Vigiar SUS é lançado pelo Ministério da Saúde

Foto: Sumaia Villela / Agência Brasil Vigilância, alerta e resposta a ações para melhorar a saúde e o bem-estar da população brasileira. Para isso,...