Pró-Amazônia Legal busca reduzir custos de energia na Amazônia

Compartilhe

Foi publicado, na terça-feira (03/05), o Decreto nº 11.059/2022, que regulamenta o Programa de Redução Estrutural de Custos de Geração de Energia na Amazônia Legal e de Navegabilidade do Rio Madeira e do Rio Tocantins (Pró-Amazônia Legal), previstos na Lei nº 14.182, de 12 de julho de 2021.

De acordo com a lei, durante dez anos, serão aportados anualmente pela Eletronorte R$ 295 milhões para implementação de projetos que reduzam estruturalmente os custos de geração de energia elétrica suportados pela Conta de Consumo de Combustíveis (CCC). Os recursos também devem ser aplicados na implementação de medidas que aprimorem a navegabilidade do Rio Madeira e Rio Tocantins. Os recursos são decorrentes do processo de desestatização da Eletrobras.

Cerca de três milhões de habitantes atendidos por sistemas isolados, no Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima, serão beneficiados pelo Programa Pró-Amazônia Legal.

O decreto 11.059/2022 institui o Comitê Gestor do Pró Amazônia Legal (CGPAL), formado por representantes do Ministério de Minas e Energia (MME), do Ministério da Infraestrutura (Minfra), dos estados e distribuidoras da Amazônia Legal que possuam sistemas isolados e de representante dos consumidores.

O processo teve participação da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético, em especial do Departamento de Planejamento Energético, das Secretarias de Energia Elétrica e Executiva do MME, além da Secretaria-Geral da Presidência e Casa Civil.

Com apoio do MME, da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), do Operador Nacional do Sistema (ONS), da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), do Minfra, dentre outras instituições, o CGPAL irá elaborar anualmente plano de trabalho com ações a serem desenvolvidas para o próximo ano. O plano também vai avaliar, propor diretrizes e definir ações para aplicação dos recursos.

Com informações do Ministério de Minas e Energia 

Saiba mais:

Banner

Pró-Amazônia Legal busca reduzir custos de energia na Amazônia

Pró-Amazônia Legal busca reduzir custos de energia na Amazônia Foto: Alan Santos/PR

Leia também

Defesa Civil e especialistas debatem gestão integrada de riscos e desastres

A Defesa Civil Nacional promoveu nesta quinta-feira (26), um debate para divulgar o Caderno Técnico de Gestão Integrada...

Virada Cultural retorna neste final de semana em São Paulo

Após dois anos sem poder ser realizada de forma presencial por causa da pandemia do novo coronavírus, a...

Espírito Santo registrou quase 900 internações de crianças por síndrome respiratória; saiba cuidados para evitar internações

Pronto-Atendimento (PA) de São Pedro, em Vitória, em 4 de maio O aumento nos casos de doenças respiratórias como...

Bebidas energéticas e esportivas são inapropriadas para menores de 18 anos

Ao longo dos últimos anos o consumo de energéticos e bebidas esportivas se popularizou entre crianças e adolescentes....

INDICADORES: preço do boi gordo sofre queda nesta terça-feira (24)

A cotação da arroba do boi gordo começou a terça-feira (24) com queda de 5,93% e o produto...

INDICADORES: preço do boi gordo sofre alta nesta segunda-feira (23)

A cotação da arroba do boi gordo começou a segunda-feira (23) com alta de 4,16% e o produto...