Presos suspeitos de matar motorista por aplicativo em Guarapari

Dois jovens foram presos e um adolescente foi apreendido suspeitos de envolvimento na morte do motorista por aplicativo Amarildo Amaro Freire, de 57 anos, em Guarapari.

As prisões aconteceram na tarde de terça-feira (23) no bairro Camurugi. O corpo da vítima foi encontrado após as prisões e segundo informações da polícia apresentava sinais de tortura.

A vítima teve os pés amarrados com parte do cinto de segurança do carro, que foi cortado. Amarildo foi baleado na região da cabeça e ainda teria sido atingido por facadas. Os criminosos teriam jogado Amarildo em uma ribanceira e depois, usaram bambus na tentativa de encobrir o corpo.

O corpo do motorista foi encontrado também na tarde de ontem em uma região de mata em São Miguel, na zona rural do município. No final da manhã de terça-feira (23), o carro dele foi localizado estacionado em uma rua do bairro São Gabriel.

O motorista estava desaparecido desde a manhã de segunda-feira (22), quando saiu de Itaoca, em Itapemirim, para trabalhar em Guarapari. O último contato com a família foi às 10 horas, quando Amarildo disse que o movimento estava fraco e que, antes de voltar para casa, faria uma última corrida para compensar a gasolina gasta naquela manhã.

Informações: Tribuna on line

Leia mais

Leia também