Preso homem que espancou e tentou matar esposa na frente da filha em Nova Venécia

Compartilhe

Delegacia de Nova Venécia. Crédito: Ascom/ Governo do ES

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Nova Venécia, no Norte do Espírito Santo, realizou, nesta sexta-feira (24), uma operação policial com o objetivo de cumprir um mandado de prisão preventiva (por tempo indeterminado) contra Josiney Ferreira do Nascimento, de 42 anos, suspeito de agredir a companheira, de 26 anos. O acusado foi encontrado no bairro Rúbia, em Nova Venécia, onde foi detido pelas equipes da Polícia Civil.

O mandado de prisão preventiva foi expedido após uma ocorrência de violência doméstica, datada no dia 18 de junho de 2022, em que o Josiney teria espancado e, posteriormente, tentado atropelar a companheira de 26 anos enquanto empreendia fuga do local do crime. O homem agrediu a esposa na frente da filha do casal, e só cessou as agressões quando os vizinhos começaram a gritar.

“No dia do ocorrido, equipes da Polícia Militar tentaram localizar o suspeito, mas este não pôde ser encontrado naquele momento. Diante disso, as equipes da Polícia Civil tomaram ciência dos fatos e iniciaram as investigações para chegar até o suspeito. Durante o andamento do inquérito policial, também foi descoberto que o suspeito seria reincidente no crime de violência doméstica, com registro de ocorrência feito pela mesma vítima no ano de 2018”, disse o delegado Douglas Trevizani Sperandio, da Delegacia Regional de Nova Venécia

O suspeito foi conduzido até a 17ª Delegacia Regional de Nova Venécia, onde posteriormente foi encaminhado até o sistema prisional. Ele permanecerá à disposição da Justiça.

O QUE FAZER EM CASOS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA?

O delegado Douglas Trevizani Sperandio, da Delegacia Regional de Nova Venécia, orienta as mulheres que forem vítimas de violência doméstica e familiar, ou que vivam um relacionamento abusivo, que denunciem o caso à Polícia. “Orientamos que as vítimas procurem a delegacia para registrar o boletim de ocorrência, para que os autores dos fatos sejam devidamente investigados e responsabilizados por seus atos. Além disso, se o agressor estiver cometendo o crime naquele momento, a Polícia Militar deve ser acionada por meio do 190”, disse.

Vale ressaltar que as denúncias sobre casos de violência doméstica e familiar também podem ser feitas por meios do Disque-Denúncia 181 e do Disque 180 que é a central de atendimento à mulher do Governo Federal.

Leia também

Igreja diz que pai de padre teve 52% de queimadura no corpo

Continua grave o estado de saúde de José de Souza Vieira, de 76 anos, que teve cerca de...

Secretária de Educação participa do 9º Fórum Nacional Extraordinário de Dirigentes Municipais em Brasília

  A Prefeitura de Nova Venécia está sendo representada no 9º Fórum Nacional Extraordinário dos Dirigentes Municipais de Educação,...

INDICADORES: boi gordo registra elevação no preço nesta quinta-feira (18)

A cotação da arroba do boi gordo começou a quinta-feira (18) com alta de 0,76% e o produto...

Santa Rosa da Serra, em Minas Gerais, vai receber mais de R$ 750 mil para ações de defesa civil

A cidade de Santa Rosa da Serra, em Minas Gerais, vai receber R$ 754,5 mil para ações de...

Representante da Opas no Brasil defende autonomia na produção de insumos e equipamentos estratégicos em saúde

A representante da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) no Brasil, Socorro Gross, defendeu que o Brasil e os...

Preso acusado de assassinar companheiro da ex em São Domingos do Norte

A  Polícia Civil de São Domingos do Norte, em operação com a Polícia Militar, prendeu, nesta sexta-feira (12),...

CRAS distribuiu 684 pacotes de absorventes em Monte Sinai (Vermelha)

A Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco, através da Secretaria Municipal da Mulher, Habitação e Assistência Social...

Polícia apreende simulacro e detém três pessoas em Nova Venécia; um deles usava tornozeleira

Na noite desta terça-feira (16), policiais militares do 2º Batalhão apreenderam um simulacro de arma de fogo, no...